Casa Lleó Morera

Casa Lleó Morera, Barcelona

Em 1902, a família Lleó Morera contratou o arquiteto modernista Domènech i Montaner para a obra de reforma de sua casa, que tinha sido construída em 1864. A família Lleó Morera tinha comprado o imóvel e, como tantas outras famílias endinheiradas da burguesia catalã, queria um lugar muito especial para morar.

Casa Lleó Morera, Barcelona

Para superar a incrível concorrência das casas vizinhas, o arquiteto reuniou um grande número de artistas e artesãos, com a finalidade de criar uma obra de suprema qualidade e beleza. A conclusão da reforma foi por volta de 1905.

Casa Lleó Morera, Barcelona

Várias partes da estrutura da casa foram afetadas durante a Guerra Civil Espanhola. O templete, que está na parte superior da casa, foi seriamente danificado, passando por restauro em 1992. O andar térreo foi praticamente destruído, a partir de 1943, quando foi alugado para abrigar uma loja de luxo.

Casa Lleó Morera, Barcelona

Observe a parte externa do edifício e os detalhes com motivos florais no andar térreo, que lembram uma das obras mais importantes do arquiteto, o Palau de la Música Catalana.

Casa Lleó Morera, Barcelona
Casa Lleó Morera, Barcelona
Casa Lleó Morera, Barcelona
Casa Lleó Morera, Barcelona

O interior da casa, aberto à visitação em janeiro de 2014, apresenta uma das amostras mais ricas das artes aplicadas no estilo modernista. Porém, a mobília encontra-se no MNAC (Museu Nacional d’Art de Catalunya).

Casa Lleó Morera no MNAC, Barcelona

La manzana de la discordia

Manzana de la Discordia, Barcelona

“Manzana de la discordia”, expressão que faz referência à mitologia grega, aplica-se ao trecho do Passeig de Gràcia, compreendido entre o carrer d’Aragó e o carrer del Consell de Cent.

“Manzana”, que em espanhol significa tanto maçã como quarteirão, lembra a maçã dourada da discórdia e refere-se ao trecho onde três casas modernistas e seus respectivos autores competiram entre si pelo título de a mais bela. Essas casas foram realizadas pelos três arquitetos mais importantes do modernismo catalão: a Casa Lleó Morera de Domènech i Montaner, a Casa Amatller, de Puig i Cadafalch, e a Casa Batlló de Antoni Gaudí.

A grande rivalidade profissional e as propostas arquitetônicas, para esse trecho do Passeig de Gràcia, estabeleceram uma relação com o mito do “Pomo da Discórdia” e foram objeto de comentários e críticas na época.

Visita

A Casa Lleó Morera abriu as portas à visitação etre 2014-2016, fechando posterioremente as portas. Não há previsão de quando a Casa poderá voltar a ser visitada.

Como chegar

A Casa Lleó Morera encontra-se no número 35 do Passeig de Gràcia. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Passeig de Gràcia nas linhas 2 (lilás), 3 (verde) e 4 (amarela).

Dica do passaporte BCN

Se você gosta do estilo do Domènech i Montaner não pode perder o Palau de la Música Catalana.

4 set2014
João Lucas

Olá Tony.

Vou ficar cerca de 4 dias e meio em Barcelona e listei as principais obras de Gaudí para visitar (Sagrada Familia, Park Güell, Casas Battlò e Milà). Além de Gaudí, qual seria a outra atração modernista imperdível da cidade na sua opinião para incluir no roteiro?

Um abraço.

29 jan2015
Ursula

Oi Tony,
Estou indo com meu marido e filhos (6 e 8) agora em fevereiro e gostaria de saber no que consiste a “atividade familiar” que aparece no site da Casa Lléo Morera. Não entendi direito. Será que vale a pena? Tenho interesse em visitar a Casa Batló e tenho receio de ficar muito cansativo para as crianças as duas casas com visitação interna.
Obrigada,

    30 jan2015
    Tony

    Prezada Ursula, não conhecemos a tal “actividad familiar” além do que está explicado no site da casa. Normalmente, os “talleres” (=oficinas) costumam ser em catalão ou espanhol, poderia ser um problema para suas crianças se não falassem bem alguma das duas línguas. A Casa Lleó Morera seria a escolha para quem já visitou outras construções modernistas com um conteúdo mais rico como a Casa Batlló (que você está planejando visitar), a La Pedrera (Casa Milá), o Palau Güell, o Palau de la Música Catalana e o Hospital de la Santa Creu i Sant Pau. Abraço.

6 nov2016
Mariana

Boa noite. Gostaria de saber se a Casa Lléo Morera ainda está aberta para visitação. Ao que me parece ela foi fechada para tal fim. Isso procede? Desde já, obrigada.

    6 nov2016
    Tony

    Prezada Mariana, a Casa fechou para visitação por problemas de acessibilidade, que acreditamos estejam sendo resolvidos no momento. Mas é muito díficil achar informações sobre o assunto. Abraço.

Deixe seu comentário!