especialidades gastronômicas

Barcelona, uma cidade situada entre a montanha e o mar, foi formada pela mescla da passagem de diferentes povos e culturas por suas terras. Os reflexos da situação geográfica e da diversidade cultural ao logo dos séculos estão presentes na culinária catalã. Os pratos típicos têm como base os produtos da horta e do mar, utilizando o que há de melhor e mais saudável em cada época do ano.

Apresentamos aqui uma seleção das principais especialidades gastronômicas da Catalunha, que você vai poder experimentar em Barcelona. É bom lembrar que nos restaurantes de Barcelona você vai encontrar também culinária de outras regiões da Espanha e do mundo.

Amanida catalana

Trata-se de um tipo de salada mista, utilizando produtos de temporada. Em geral leva alguns tipos de alface, escarola, tomate, cebola, pimentão vermelho, azeitonas e embutidos típicos da Catalunha (como butifarra entre outros).

Arròs a la cassola

Também denominado arroz de montaña ou arroz de campesino, pode ser considerado uma espécie de risoto com carne de porco e coelho, verduras ou peixe e marisco, dependendo da região ou da temporada dos ingredientes. É um prato completo, contendo carne, verduras e legumes, peixe e marisco, além do arroz.

Arroz caldoso

arroz caldoso

Um prato elaborado com arroz de formato mais arredondado, que pode ser cozido com verduras e legumes, ou com carne, ou frango, ou peixe, ou ainda com  frutos do mar. Não é parecido com um risoto, pois é servido com mais água, parecendo mais com uma sopa.

Arròs negre

arroz negro

O arroz negro até pode ser confundido com uma espécie de paella, pois utiliza o mesmo recipiente para ser preparado. O prato leva basicamente arroz, que ao contrário do nome não se trata do arroz de grão preto, lula, sépia (uma espécie de lula grande e bem branca) e camarões pequenos, tudo preparado com caldo de peixe, condimentos e tinta de lula, que dá a cor característica e nome ao prato.

Bacalao a la llauna

Um prato bastante simples, elaborado com a parte mais grossa (lomo) do bacalhau seco, previamente dessalgada e cozida, que depois é enfarinhada e frita em azeite. Nesse azeite se fritam lâminas de alho com pimentón (um pó vermelho feito com um tipo de pimentão) e vinho branco. A posta de bacalhau é levada ao forno com esse molho de alho e pimentón, com mais alho cru e salsinha por cima. Um prato para quem adora alho!

Brandada de bacallà

Utilizando o bacalhau seco e dessalgado, com batatas cozidas, alho e azeite de oliva, se prepara um tipo de creme que acompanha rodelas de pão tostado.

Butifarra amb mongetes

Um prato que combina feijão ou fava branca com butifarra (um embutido típico da região) e pode ser consumido tanto no inverno como no verão.

Carquinyol

arroz negro

É um tipo de torradinha de pão doce, elaborada com farinha, ovo, açúcar e amêndoas inteiras. Com esses ingredientes são preparadas pequenas tiras de pão, que depois de assadas são cortadas em rodelas finas e levadas novamente para o forno só para dar uma leve tostadinha.

Calçot

calçots

Um tipo de cebolinha gigante, típica do final do inverno, princípio de primavera, transforma-se em um evento repleto de rituais nessa época do ano. O tradicional é preparar os calçots na brasa, até ficarem pretos por fora, depois são embrulhados em jornal para acabar de cozinhar com o próprio calor. Existe todo um ritual para comer os calçots: colocar um babador enorme para não sujar a roupa, segurá-lo com as mãos, tirar toda a parte preta com os dedos, mergulhar em um molho chamado salvitjada ou no molho romesco, sobre a qual falamos com mais detalhe em um item abaixo. O molho salvitjada é feito com pimentão romesco ou com ñoras, tomates maduros, alho amêndoas tostadas, azeite de oliva, vinagre e sal, tudo bem triturado.

Coca de recapte

escalivada

A coca é um tipo de torta de massa bem fina, quase como se fosse uma massa de pizza. Sobre essa massa, ainda crua, são colocados um molho de tomate e cebola, beringela, pimentão vermelho e verde assados no forno, além de algum tipo peixe salgado (arenques ou anchovas).

Crema Catalana

crema catalana

Veja nosso texto sobre a sobremesa catalã mais famosa: crema catalana.

Empredrat

Esse prato se diferencia da exqueixada por levar feijão branco e ovo cozido. É uma salada com bacalhau, feijão branco, tomate, pimentão vermelho e verde, cebola, azeitonas e ovo cozido. Com o acréscimo do feijão branco, que pode ser substituído por grão-de-bico ou lentilha em alguma região, o prato já tem mais sustância que a esqueixada.

Escalivada

escalivada

É um prato elaborado com pimentão vermelho,  beringela e cebola, previamente assados na brasa (de preferência) e temperados com azeite e alho. Pode ser servida em um bom pedaço de pão tostado, untado com azeite de oliva, ou como acompanhamento de um prato principal de carnes ou peixes. Normalmente se consome como uma espécie de aperitivo antes da comida.

Escudella i carn d`olla

Uma sopa típica da Catalunha. Elaborada com diversos tipos de carne (vaca, porco, frango), picadas e mescladas com toucinho, ovo batido, pão picado, alho e salsinha, formando uma espécie de bolo de carne. Esse bolo é cozido com água, com verduras e legumes, dando origem à sopa, que ainda pode ser enriquecida com batata, grão-de-bico ou butifarra. Depois de pronta, o bolo de carne é cortado em fatias para ser servido. Apesar de ser uma comida típica de inverno, pode ser consumida em qualquer época do ano.

Espinacs a la catalana

É um refogado de folhas de espinafre com uvas passas e piñones (um tipo de pinhão pequeno e bem caro).

Esqueixada amb bacallá

Uma espécie de salada com bacalhau desfiado, tomate, pimentão vermelho, cebola e azeitonas. É um prato mais apropriado para dias quentes, por ser frio e leve.

Fabes (habas) a la catalana

Esse prato se elabora com favas cozidas com embutidos, geralmente butifarra negra, e condimentada com erva-doce. Deve ser servido bem quente, em tigelas de barro, sendo um prato característico do inverno.

Fideuá

fideuá

Poderíamos chamar de um tipo de paella feita com camarões, caranguejo, frango, pimentão e tomate, porém com um tipo de macarrão especial, como pequenos pedaços de espaguete, com furinho central e em forma de semicírculo. Utiliza-se esse macarrão, previamente um pouco tostado no forno, no lugar do arroz, que é ingrediente fundamental da paella. É servido acompanhado de molho alioli.

Fricandó

Uma combinação de bifes de carne de vaca, com molho de tomate e cogumelos. Pode ser acompanhado de purê de castanhas ou de batatas.

Mel i mató

mel i mató

Mató é um tipo de queijo fresco, com menos gordura, elaborado com leite de cabra ou ovelha. A uma bela fatia de mató, ou a porções em pedacinhos, se acrescenta mel e pronto!

Pa amb tomàquet

Pa amb tomàquet

O famoso “pão com tomate” nada mais é que uma fatia de pão, tipo pão italiano, tostada, na qual se esfrega um tomate bem vermelho e menor que o usado nas saladas. Também pode receber algum tipo de embutido como complemento.

O termo pan tumaca é usado por espanhóis, que não são da Catalunha, e por estrangeiros para se referir ao pa amb tomàquet. Tal palavra não existe na língua catalã.

Saiba mais sobre a iguaria lendo o texto “pa amb tomàquet”, o pão com tomate catalão.

Panellets

Doce típico de Todos os Santos, mas também pode ser encontrado em outras épocas do ano. Está elaborado com massa de marzipã e coberto com piñones (um tipo de pinhão pequeno e bem caro), presente em muitos pratos da cozinha espanhola. A massa de marzipão, enrolada como se fosse um brigadeiro, é coberto pelos piñones e assada no forno. É possível encontrar panellets feitos com outros ingredientes, como coco, chocolate, café.

Romesco

Um molho elaborado com um tipo específico de pimentão vermelho, chamado ñora, azeite de oliva, tomate maduro, alho, vinagre, pão frito, amêndoas ou avelãs, condimentado com alguns temperos como alecrim, pimenta e sal. Os ingredientes são triturados até dar origem a uma espécie de purê que pode ser usado para acompanhar carnes, verduras e peixes. Também pode ser usado para os calçots, cebola doce, mais parecida com uma celolinha verde gigante, típica dos meses de janeiro e fevereiro.

Suquet de peix con almejas

Um dos pratos mais saborosos da culinária catalã. Pode ser feito com diversos peixes, mas o mais habitual é utilizar um peixe chamado rape. Leva também vôngole que dá um sabor todo especial ao molho desse prato, mas pode ser substituído por outro tipo de marisco.

Samfaina

Um refogado feito com beringela e abobrinha, cortadas em cubinhos, temperadas com alho, cebola, pimentão verde e azeite de oliva. Esse tipo de refogado é utilizado como acompanamento de diversas carnes ou peixes.

Trinxat de la Cerdanya

Uma mescla de batata e repolho (um tipo com folhas verdes e crespas), que depois de cozida e amassada com um grafo, é temperada com alho, sal e azeite. Então essa massa vai para a frigideira para dourar dos dois lados. É servida com uma fatia de bacon frito ou butifarra por cima. Também pode ser preparada com couve-flor no lugar do repolho.

Xató

Uma salada de escarola, tomates, bacalhau seco e dessalgado, atum, azeitonas de vários tipos, temperada com uma mescla de ñoras (um pimentão típico), amêncoas, pão umedecido com vinagre, alho, tudo triturado em ponto de molho.

Zarzuela de mariscos ou pescado

Um cozido de peixe ou mariscos, elaborado com azeite de oliva, cebola, alho, jerez, tomates e páprica.

Quer saber mais?

Se você estiver interessado em conhecer mais pratos da culinária catalã, dê uma olhada neste link. E não perca nosso texto 10 comidas típicas de Barcelona que você deve conhecer.

8 nov2013
ricardo leite santos

fantastico esse site.excelentes dicas. valeu…

    8 nov2013
    Tony

    Obrigado pela visita e suas palavras, Ricardo!

27 fev2014
Catarina

Olá! Gostei bastante deste post. Mas queria só deixar aqui uma correção. A tradução de “sepia” de espanhol para português é choco e não lula.

Beijinhos 🙂

    27 fev2014
    Tony

    Catarina, muito obrigado pela sugestão. Na verdade, estamos traduzindo “sepia” (em espanhol) por “sépia” (em português), termo reconhecido pelo Houaiss (que também reconhece “choco” e “siba”). Depois, acrescentamos uma explicação que ajude a entender como é o molusco, sendo que a maioria dos nossos leitores nunca viu uma sépia. Veja que estamos falando em “uma espécie de lula grande” e não sugerindo que “sepia” = “lula”. Tanto a sépia como a lula são cefalópodes pertencentes à mesma subclasse e por essa razão achamos a comparação válida. Muito obrigado de novo.

17 abr2014
Marcos Costa

Olá Tony!
Vamos para Barcelona na semana santa, você teria alguma indicação de lugares para se degustar boas cavas e bons vinhos espanhóis?
Grato.

    18 abr2014
    Tony

    Marcos, qualquer bar ou restaurante minimamente decente vai servir bons cavas e vinhos. Mas deixamos você com duas listas de bares e restaurantes para quem gosta muito de vinho e cava. Abraço!

26 maio2014
Bianka Guimarães

Boa tarde Tony:
Vou viajar para Barcelona e ficarei 10 dias, eis que surge o grande problema, tenho uma filha adolescente que é muito ”chata” pra comer. A alimentação se resume em bife e batata frita. Quando fomos ao Chile encontramos um prato perfeito, tanto servido em restaurantes simples como os mais sofisticados( lomo a lo pobre, filé, ovo e batatas fritas). Poderia me dizer se em Barcelona encontro algo semelhante ? Novamente agradeço a atenção.

    27 maio2014
    Tony

    Bianka, Barcelona está repleta de lanchonetes, que podem ajudar com a alimentação para sua filha. Caso contrário, muitos restaurantes vão oferecer, como parte do cardápio, o básico “carne + batatas fritas”. Abraço.

28 jul2014
Tais

Oi, Tony!!

Sabe de algum restaurante brasileiro em Barcelona?
Ficarei aí por 1 mês e com certeza sentirei saudades e precisarei comer pelo menos uma vez um prato de arroz de feijão, rsrs!!

29 jul2014
Cecília

Olá Tais, com tantas coisas gostosas para experimentar, é bem possível que nem dê tempo de sentir saudade do arroz com feijão. 🙂 Como tentamos preparar comida brasileira em casa, e isso não é muito fácil por causa dos ingredientes, nunca experimentamos nenhum restaurante brasileiro em Barcelona. Neste link você encontrará uma lista com alguns. Já fomos no Brasayleña em outra cidade e, sinceramente, não recomendamos. Os cortes de carne são de péssima qualidade e as bebidas (sucos e caipirinhas) e sobremesas são um verdadeiro assalto e podem custar mais que o valor do rodízio. Abraços.

    29 jul2014
    Tais

    Obrigada, Cecília!

    É, fico pirando nos sites dos restaurantes, tem muita coisa boa para comer aí, né?!
    Quando fui à Itália comi muita massa, enjoei, precisava de arroz e feijão, Estados Unidos idem!
    Mas pelo jeito em Barcelona vai ser diferente =)

23 out2014
Teresa Alice F.Salvi

Olá, ótimo o seu blog!!
Já que vc citou um prato com arenques, conhece algum restaurante que sirva esse peixe em outras receitas tb? Adoro arenques, mas raramente as encontro. Estou indo no início de novembro para Barcelona, e suas informações estão ajudando muito.

    24 out2014
    Tony

    Prezada Teresa, o arenque não é tão coumum assim na culinária local (é um peixe importado do norte). Pode ser usado como ingrediente em uma coca, mas a anchova é mais comum. Se você gosta do arenque ao estilo holandês ou como é comido nos países escandinavos, vai ter que ir em um restaurante especializado em culinária desses países. Abraço.

29 nov2014
Roberta Giordano

Olá Tony e Cecília..olha eu aqui outra vez..rsrs
Estava assistindo o Masterchef Espanha 1ª Edição,e os participantes tiveram de fazer um pão, chamado Pão Coca , que me deixou com água na boca…Ele é uma massa de pão,coberto com osmais diversos ingredientes (tomate, legumes, sardinha…)
Gostaria de saber se é fácil de encontrar em Barcelona…??
Obrigada desde já…
Att
Roberta

    29 nov2014
    Tony

    Prezada Roberta, as cocas (em espanhol não se fala “pan coca”) são um produto muito típico da culinária catalã. São um tipo de torta de massa bem fina, quase como se fosse uma massa de pizza. A coca de recapte é uma das nossas prediletas, pode ver uma descriçåo dela no texto acima. É possível encontrar as cocas em muitas padarias. Abraço.
    P.S.: o chef mais novo do Masterchef Espanha é o Jordi Cruz, que tem um restaurante de luxo em Barcelona, o ABaC, e um restaurante de tapas que iremos avaliar em janeiro.

      29 nov2014
      Roberta Giordano

      Obrigada Tony…
      O restaurante de luxo acho que não vou poder conhecer ..rsrsrs..Mas quem sabe o de tapas não..rsrs Vou ficar na espera da saborosa avaliação..
      Obrigada pela sempre rápida e certeira resposta.

      30 nov2014
      Tony

      Pois é, Roberta, o ABaC não é para qualquer bolso, não 😉 Aguarde até o fim de janeiro para saber nossa opinião do restaurante de tapas. Abraço.

7 abr2015
Roberta Giordano

A culinária catalã é muito saborosa,, tudo muito colorido e fresco,muito saudável. Confesso que sofri um pouco porque não pude experimentar diversas delícias ,pois sou alérgica a camarão, álias fica um aviso para os alérgicos : sempre confirme se o prato leva camarão, o que é muito comum por lá.
Achei tudo muito bem servido e com uma variedade excelente. As cocas são maravilhosas, vontade de trazer um estoque na mala.
O chocolate quente é absurdamente gostoso…!!! Não deixem de provar.

    8 abr2015
    Tony

    Roberta, tem muito prato com camarão e marisco mesmo, bem lembrado! Adoramos saber que suas experiências culinárias em Barcelona foram deliciosas. Abraço!

5 maio2015
Paula

Tony,
Estou procurando na internet um restaurante bonito e romântico, para jantar em Barcelona no dia do meu aniversário, mas não consigo achar. Geralmente os sites listam os 10 melhores, que sempre são os mesmo em todos os sites, mas para Barcelona não dei essa sorte. Você pode me ajuda, por favor?

27 jun2016
silvia

Olá Tony,
Onde podemos comer uma boa paella, por um preço bom? Vamos ficar no Ploblenou…
Obrigada 🙂

28 out2016
Daniela

Prezados Tony e Cecília !

Mais uma vez, agradeço as dicas preciosas compartilhadas no blog.
Solicito a gentileza de se possível, me indicarem um local em Barcelona em que eu possa experimentar uma Pan Coca de Boa qualidade .
Bem como, me indicar um lugar com preço mediano para comer em Vall de Nuria, não gostaria de ter somente a opção do buffet, pois devido à um problema no estômago, minhas porções alimentares são bem mínimas, sendo assim os preços de um buffet acabam não sendo muito atrativos.

Desde ja agradeço a atenção de vcs e todas as dicas compartilhadas.

    30 out2016
    Tony

    Prezada Daniela, na verdade as cocas são compradas nas padarias, não é um prato que você vai encontrar habitualmente nos cardápios dos restaurantes. Procure uma boa padaria próxima do seu hotel. No texto que dedicamos a Vall de Núria respondemos as consultas relacionadas com esse destino. por gentileza, deixe sua pergunta por lá para que nossa resposta possa ser aproveitada por outros leitores com dúvidas parecidas. Abraço.

6 fev2017
Bruno

Boa noite, estou preparando uma viagem saindo de São Paulo para Barcelona, em torno de 15 dias, gostaria de fazer alguns bate e volta, por Girona, Sitges e Tarragona. Meu principal objetivo é ver o jogo do Barcelona, por isso estouu pensando em ir no final de agosto. Nunca realizei uma viagem para fora do pais, por isso tenho muitas duvidas, você acredita que seria necessario qual quantia em reais para realizar este roteiro, tirando fora o dinheiro da passagem? Estou pesquisando e, vou ficar em hostels O que você sugeriria em relação a este roteiro? Obrigado desde ja!

    7 fev2017
    Tony

    Bruno, por gentileza, deixe suas perguntas em textos do site relacionados com o assunto delas. Aqui respondemos consultas sobre as especialidades gastronômicas de Barcelona. Comece lendo o texto dúvidas frequentes. Obrigado.

23 abr2017
Flavia

Olá! Irei a Barcelona em junho e sou vegetariana… Alguma sugestão de prato típico que possua apenas vegetais e/ou queijo? Como devo perguntar nos restaurantes se há algum prato que não contenha carne? Obrigada!!!

    24 abr2017
    Tony

    Flavia, a escalivada é o prato típico que mais agrada os vegetarianos. Veja também nossas dicas de restaurantes vegetarianos.

      25 abr2017
      Flavia

      Muito obrigada!

Deixe seu comentário!