Tag: Barri Gòtic

Granja Dulcinea

Granja Dulcinea

A Granja Dulcinea encontra-se no estreito carrer Petrixol, uma das nossas ruas favoritas do Barri Gòtic de Barcelona.

Granja Dulcinea

No texto que dedicamos às granjas de Barcelona já explicamos que uma granja é um estabelecimento derivado das antigas “lecherías” (leiterias), onde se criavam as vacas e se distribuía o leite. Atualmente seguem com a mesma denominação e vocação, mas são muito mais urbanas e saborosas, constituindo algo tipicamente catalão, que não é comum encontrar em outras partes da Espanha. As granjas poderiam ser definidas como um tipo de confeitaria muito tradicional, onde são servidas iguarias derivadas do leite.

Granja Dulcinea

A Granja Dulcinea tem décadas de história e foi fundada em 1941. O interior mantém o mesmo visual das últimas décadas, que transforma a experiência de visitar a granja em uma viagem ao passado. Os garçons uniformizados, a mobília de época, um verdadeiro sabor de tradição.

Granja Dulcinea

A pedida na Granja Dulcinea são os suizos, xícara de chocolate quente, escuro e espeso, sem misturar com leite.

Granja Dulcinea

O suizo pode ser acompanhado pelos tradicionais churros.

Granja Dulcinea

Ou também pode ser saboreado com uma iguaria muito típica da Catalunha, os melindros, um tipo de pão-de-ló em forma de bolacha.

Localização e como chegar

A Granja Dulcinea está no carrer Petrixol, 2, quase do lado da igreja de Santa Maria del Pi. Veja a localização no Google Maps aqui. A estação de metrô mais próxima é a Liceu, da linha L3 (verde) .

A Granja abre sete dias por semana, mas fecha ao meio dia de 13:00h até 17:00h. Confira os horários de funcionamento atualizados e outras informações no site da Granja Dulcinea.

O passaporte BCN comeu na Granja Dulcinea de forma anônima, pagando todos os gastos relacionados com a refeição.

[pinit count="horizontal"]

Granja La Pallaresa

Granja La Pallaresa

A Granja La Pallaresa encontra-se no estreito carrer Petrixol, uma das nossas ruas favoritas do Barri Gòtic de Barcelona.

Granja La Pallaresa

No texto que dedicamos às granjas de Barcelona já explicamos que uma granja é um estabelecimento derivado das antigas “lecherías” (leiterias), onde se criavam as vacas e se distribuía o leite. Atualmente seguem com a mesma denominação e vocação, mas são muito mais urbanas e saborosas, constituindo algo tipicamente catalão, que não é comum encontrar em outras partes da Espanha. As granjas poderiam ser definidas como um tipo de confeitaria muito tradicional, onde são servidas iguarias derivadas do leite.

A Granja La Pallaresa tem décadas de história e foi fundada em 1947. Não guardou um ar antigo como acontece com outras granjas veteranas de Barcelona. No interior circulam garçons uniformizados em um cenário com paredes decoradas com quadros.

Granja La Pallaresa

Na vitrina que se vê desde a rua, o visitante já pode ter uma ideia dos produtos oferecidos no interior. Em La Pallaresa a pedida é o suizo, uma xícara de chocolate quente, escuro e espesso, que não leva leite, mas que é coberto por uma montanha de creme de chantilly artesanal.

Granja La Pallaresa

O suizo pode ser acompanhado pelos tradicionais churros.

Granja La Pallaresa

Localização e como chegar

A Granja La Pallaresa está no carrer Petrixol, 11. Veja a localização no Google Maps aqui. A estação de metrô mais próxima é a Liceu, da linha L3 (verde).

A Granja abre sete dias por semana, mas fecha ao meio dia de 13:00h até 16:00h (17:00 no domingo).

Confira os horários de funcionamento atualizados e outras informações no site da Granja La Pallaresa.

O passaporte BCN comeu na Granja La Pallaresa de forma anônima, pagando todos os gastos relacionados com a refeição.

[pinit count="horizontal"]

Plaça Sant Felip Neri

Sant Felipe Neri, Barri Gòtic, Barcelona

Pode parecer impossível, mas existe um lugar onde todo o barulho, a muvuca e movimentação do Barri Gòtic são esquecidos, um oásis de calma surpreendente: a plaça de Sant Felip Neri, presidida pela igreja barroca com o mesmo nome.

Sant Felipe Neri, Barri Gòtic, Barcelona

O silêncio que reina na praça esconde segredos do passado. Em janeiro de 1938, a aviação italiana, a serviço de Franco, realizou um bombardeio sobre Barcelona. No refúgio que existia na igreja, muitas pessoas estavam escondidas. O bombardeio acabou com a vida de 42 delas, das quais 20 eram crianças. Ainda é possível ver as marcas deixadas pelo bombardeio nas paredes da igreja. Existe uma lenda urbana de que essas marcas foram feitas durante fuzilamentos, mas fotografias da época do bombardeio já mostravam as paredes como estão agora.

Sant Felipe Neri, Barri Gòtic, Barcelona

Antoni Gaudí regularmente assistia a missas na igreja de Sant Felip Neri. No dia em que foi atropelado por um bonde, acidente que custou sua vida, estava a caminho da missa nessa igreja.

Como chegar

A igreja de Sant Felip Neri está bem escondida no coração do Barri Gòtic. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Liceu na linha 3 (verde).

Dica do passaporte BCN

A praça de Sant Felip Neri é um canto muito escondido do Bairro Gótico. Como é pouco movimentado, é bom tomar cuidado na zona depois de escurecer.

[pinit count="horizontal"]

Plaça Sant Jaume

Ajuntament, Plaça Sant Jaume, Barcelona

A Plaça Sant Jaume é o epicentro do poder político em Barcelona e uma das suas praças mais simbólicas.

Generalitat, Plaça Sant Jaume, Barcelona

Está situada no coração do Barri Gòtic, tendo a casa do Ajuntament de Barcelona, a prefeitura da cidade, de um lado, e do Palau de la Generalitat, a sede do governo da Catalunha, do outro. Não é difícil entender sua importância.

Como chegar

A Plaça Sant Jaume encontra-se no Barri Gòtic. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Jaume I na linha 4 (amarela) e a Liceu na linha 3 (verde).

Dica do passaporte BCN

Por seu simbolismo político, a Plaça Sant Jaume é cenário tanto de comemorações (as esportivas enchem a praça de torcedores) como de protestos.

[pinit count="horizontal"]

Plaça Reial

Plaça Reial, Barri Gòtic, Barcelona

A Plaça Reial é uma linda e elegante praça no Barri Gòtic, muito perto de Las Ramblas.

Plaça Reial, Barri Gòtic, Barcelona

Sua construção data de meados do século XIX, trazendo para seu entorno muitas famílias importantes da sociedade catalã da época.

Barri Gòtic, Barcelona
Barri Gòtic, Barcelona

Os pórticos dos edifícios, as palmeiras e a fonte central conferem à praça um toque de requinte.

Barri Gòtic, Barcelona

Duas belas luminárias da praça são obra de um jovem Antoni Gaudí, no início de sua carreira.

Barri Gòtic, Barcelona

Como chegar

A Plaça Reial fica no Barri Gòtic. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Liceu na linha 3 (verde).

Dica do passaporte BCN

Preste atenção para não confundir a Plaça Reial com outra praça, também no Barri Gòtic, que tem um nome muito parecido: a Plaça del Rei.

Tome muito cuidado com seus pertences na Plaça Reial, especialmente depois de escurecer, quando ganha vida e muita agitação. Veja mais informações em segurança e precauções.

[pinit count="horizontal"]

Plaça Nova

Plaça Nova, Barcelona

Sempre observada de perto pela Catedral de Barcelona, na vizinha Plaça da Seu, a Plaça Nova de Barcelona é um grande espaço aberto no Barri Gòtic, onde se encontram a Barcelona romana com a gótica até chegar a Picasso.

Plaça Nova, Barcelona

Apesar do nome, as origens da Plaça Nova são bem antigas, remontando ao ano de 1358, quando dava lugar a um mercado da palha.

Plaça Nova, Barcelona
Plaça Nova, Barcelona

Nas laterais do prédio do Col·legi d’Arquitectes de Barcelona podem ser vistos os frisos desenhados por Pablo Picasso.

Barcino, de Joan Brossa, Barcelona

Na praça também pode ser visto o poema visual Barcino (leia mais sobre ele aqui).

Como chegar

A Plaça fica à direita da catedral, bem em frente dos restos romanos da muralha e do aqueduto. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Jaume I na linha 4 (amarela) e a Liceu na linha 3 (verde).

Dica do passaporte BCN

Catedral de Barcelona

Se você quiser conhecer um aspecto muito interessante da cultura catalã, reserve a tarde do sábado (a partir das 18:30h) ou a manhã do domingo (por volta do meio dia) para ver as pessoas dançando a “sardana”, que é a dança nacional da Catalunha. Na praça que fica em frente à catedral, do lado da Plaça Nova, os grupos se reúnem e, com uma orquestra tocando ao vivo, dançam em círculos, sempre com as mãos dadas.

[pinit count="horizontal"]

Museu Frederic Marès

Museu Frederic Marès, Barcelona

O Museu Frederic Marès encontra-se em um prédio histórico do Barri Gòtic de Barcelona. Nele está exposta parte da coleção artística do escultor catalão Frederic Marès (1893-1991). Marès não só se expressou através da escultura, como também reuniu, durante muitos anos, uma extensa coleção de esculturas espanholas.

Museu Frederic Marès, Barcelona

O museu também contém otras coleções de objetos que retratam os usos e costumes do passaso, em especial do século XIX.

Visitas

A página web do museu contém informações sobre os horários de visita e o preço dos ingressos.

Como chegar

O museu está na Plaça Sant Iu, 5-6 bem do lado da Catedral de Barcelona. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Jaume I da linha 4 (amarela).

Dica do passaporteBCN

Em um lindo pátio interno, entre os meses de abril e setembro, funciona o Cafè d’Estiu. Uma cafeteria muito agradável em um lugar perfeito para um descanso em qualquer passeio pelo bairro gótico. A entrada ao pátio e o acesso à cafeteria podem ser feitos também por quem não vai entrar no museu. Aliás, quem fizer alguma consumação na cafeteria terá desconto no ingresso do museu.

[pinit count="horizontal"]

Museu Diocesà

Museu Diocesà, Barcelona

O Museu Diocesà de Barcelona reune mais de 3000 obras, incluindo esculturas, pinturas, cerâmica e outros objetos históricos de cunho religioso.

O prédio onde se encontra o museu, a Pia Almoina, incorpora uma torre e parte da muralha romana do século IX.

Visitas

A página web do museu contém algumas informações sobre os horários de visita.

Como chegar

O museu está na Avenida de la Catedral, 4, bem do lado da Catedral de Barcelona. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Jaume I da linha 4 (amarela).

Dica do passaporteBCN

Não perca a espetacular porta de acesso ao museu, um trabalho no ferro feito pelo escultor catalão contemporâneo Josep Plandiura.

[pinit count="horizontal"]

Museu del Calçat

Museu del Calçat, Barcelona

O Museu del Calçat (museu do calçado) é um pequeno museu que se encontra na charmosa e escondida plaça de Sant Felip Neri, no Barri Gòtic da cidade.

O museu ocupa uma casa renascentisa que já foi sede do “Gremio de Maestros Zapateros”. No acervo do museu há reproduções de sapatos antigos e sapatos originais do periodo entre o século XVIII e o presente, além de ferramentas utilizadas pelos profissionais.

Visitas

O museu não tem página web. A página oficial de turismo de Barcelona informa que o horário de visita é de segundas a domingos, de 11 a 14 horas. Atenção porque é um horário muito restrito.

Como chegar

O Museu del Calçat encontra-se na Plaça de Sant Felip Neri, 5. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Liceu da linha 3 (verde).

Dica do passaporteBCN

O museu encontra-se em uma praça de Barcelona com muita história gravada nas suas paredes. Saiba mais lendo aqui.

[pinit count="horizontal"]

Museu de la Catedral

catedral de Barcelona

O Museu de la Catedral encontra-se dentro da Sala Capitular da Catedral de Barcelona. No museu, dedicado a história e arte religiosas, o visitante poderá contemplar uma série de obras de arte bastante valiosas.

Visitas

A visita ao museu é feita durante o horário de visita paga à catedral. Veja mais informações no nosso texto Catedral de Barcelona. A página web da catedral contém informações sobre horários de visita e preços dos ingressos.

Como chegar

O Museu de la Catedral encontra-se dentro da catedral de Barcelona. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Jaume I da linha 4 (amarela) e a Liceu da linha 3 (verde).

Dica do passaporteBCN

Aproveite seu ingresso para subir nos terraços da catedral também.

[pinit count="horizontal"]