Tag: El Raval

Hotel España

melhores hotéis barcelona

categoria: 4* | site | localização no Google Maps | comentários no TripAdvisor
Consulte preços e ofertas especiais para este hotel no Booking

Hotel España, Barcelona

O Hotel España é um elegante hotel de 4* situado em um prédio modernista, no bairro de El Raval. O prédio original, inaugurado em 1859, foi reformado pelo arquiteto modernista Lluís Domènech i Montaner no início do século XX, convertendo-o em uma joia do modernismo catalão. Em 2010, o hotel passou por restauração e nova reforma.

—————————————————————————————————————————-

Localização

O hotel encontra-se no bairro de El Raval, muito perto de Las Ramblas. A partir do hotel, é possível explorar a pé toda a parte antiga da cidade. Veja aqui a localização exata do hotel no Google Maps.

A estação Liceu do metrô, da linha 3 (verde), está a 5 minutos a pé do hotel.

O hotel está em uma ótima localização, para quem deseja conhecer um dos bairros mais multiculturais de Barcelona, El Raval, e percorrer a pé os bairros vizinhos.

A região está repleta de lojas, restaurantes e bares.

—————————————————————————————————————————-

O prédio e as zonas comuns

Hotel España, Barcelona

O Hotel España ocupa um prédio tão excepcional que vale a pena conhecê-lo mesmo que você não se hospede nele. No final do texto você encontrará as informações relacionadas com a visita turística ao hotel.

Hotel España, Barcelona

Como mencionado no começo do texto, o hotel ocupa um prédio que foi reformado pelo arquiteto modernista Lluís Domènech i Montaner, autor, entre outras obras, do Palau de la Música Catalana e do Hospital de la Santa Creu i Sant Pau. A importância do arquiteto na história do modernismo é tão grande que as duas obras mencionadas foram designadas Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO.

Hotel España, Barcelona

O arquiteto foi contratado para a reforma um hotel já existente, o Fonda España, transformando-o em uma preciosa obra do modernismo. Em 2010 o, hotel mudou de donos, que realizaram uma profunda restauração e nova reforma do prédio, deixando-o com uma aparência maravilhosa e deslumbrante, respeitando o trabalho realizado por Domènech i Montaner.

Hotel España, Barcelona
Hotel España, Barcelona
Hotel España, Barcelona
Hotel España, Barcelona
Hotel España, Barcelona

Paredes, escadas, tetos, ir descobrindo aos poucos o universo decorativo do arquiteto é fascinante.

Hotel España, Barcelona

Os quartos do hotel ficam distribuídos principalmente ao redor de dois pátios internos.

Hotel España, Barcelona

No bar do hotel, uma lareira de alabastro acompanha o descanso dos hóspedes.

Hotel España, Barcelona

Dois espaços surpreendentes encantam a quem se hospeda ou visita o hotel. O primeiro é a Sala de las Sirenas (o salão das sereias), revestido com um fantástico mural com motivos marinhos, obra do pintor Ramón Casas.

Hotel España, Barcelona

Na Sala de las Sirenas é servido o café da manhã do hotel. Já imaginou tomar o café em um lugar tão incrível?

Fonda España, Barcelona

O segundo espaço espetacular do hotel é o restaurante, onde funciona o Fonda España. É um restaurante que o passaporte BCN testou e recomenda muitíssimo a qualquer pessoa interessada em uma excelente experiência culinária em Barcelona. Leia tudo sobre o restaurante aqui.

No terraço do hotel existe um pequeno bar.

Visita ao hotel.

O Hotel España organiza visitas guiadas à parte histórica do hotel. As visitas, em espanhol, catalão e inglês, têm uma duração de 45 minutos. Veja mais detalhes sobre preços e horários aqui.

É possível também combinar a visita ao hotel com um almoço no restaurante. Veja todos os detalhes aqui.

—————————————————————————————————————————-

Os quartos

Hotel España, Barcelona

Se a parte modernista do hotel lembra o final do século XIX e o começo do XX, a decoração dos quartos leva o hóspede até a elegância do século XXI.

Hotel España, Barcelona

Na cabeçeira da cama há um painel iluminado que muda de um quarto para outro.

Hotel España, Barcelona

No total, o hotel tem 83 quartos com diferentes configurações. Estão equipados com ar condicionado, frigobar com alguns produtos como cortesia, tv de LCD, Wi-Fi gratuito, cofre e amenities.

Hotel España, Barcelona

Os banheiros são confortáveis e decorados em tons cálidos.

—————————————————————————————————————————-

WiFi

O Hotel Espanha oferece WiFi gratuito nos quartos do hotel.

—————————————————————————————————————————-

A culinária

Fonda España, Barcelona

O hotel tem um restaurante especializado em culinária mediterrânea, a Fonda España. Saiba mais sobre ele lendo nossa resenha aqui.

Fonda España, Barcelona

O restaurante está aberto tanto para os hóspedes como não hóspedes.

—————————————————————————————————————————-

É para mim?

O Hotel España é a sua cara se:

  • você está procurando um hotel que é uma obra de arte.
  • você está procurando hospedagem de alto padrão.
  • você quer ter um contato bastante próximo com a história de Barcelona sem sair do hotel.
  • você está procurando uma localização muito central.

Procure outro lugar se (veja nossa lista de hotéis testados):

  • seu orçamento for limitado.

—————————————————————————————————————————-

Consulte os melhores preços para o Hotel España



Booking.com

Consulte ofertas para este hotel no nosso parceiro Booking.com, a página de reserva de hotéis mais importante do mundo. Booking.com garante os melhores preços de hotéis, e não cobra quaisquer taxas de reserva ou administrativas. Em muitos casos, as reservas podem ser canceladas gratuitamente.

Clique aqui para conferir as ofertas de hospedagem no Hotel España.

—————————————————————————————————————————-

Comentários sobre o Hotel España

Pode ler comentários sobre o Hotel España no TripAdvisor e no Booking.

E você? Já se hospedou no Hotel España? Quer compartilhar suas opiniões com a gente e com outros viajantes? A caixa de comentários está aberta!

[pinit count="horizontal"]

roteiro: El Raval


O roteiro El Raval percorre o bairro mais étnico e multicultural de Barcelona, El Raval, que forma parte da Ciutat Vella, a Barcelona antiga. É um bairro de contrastes, com muita população imigrante da África e da Ásia e que em tempos recentes está virando um dos lugares da moda em Barcelona.

Este roteiro de El Raval não contempla alguns pontos de interesse que estão cobertos pelo roteiro 3 | Las Ramblas, entre eles a Granja Viader, o Mercat de la Boqueria e o Palau Güell.

Dados práticos

  • Duração: 1/2 dia.
  • Periodo do dia: pode ser feito de manhã ou à tarde.
  • Melhor em: um dia de sol, mas se estiver chovendo não seria o fim do mundo.
  • Nível de esforço: leve. A caminhada é feita toda no plano.
  • Levamos as crianças?: é um percurso bem urbano, sem lugares especialmente pensados para crianças. Elas vão gostar do Gato do Botero e também das vistas a partir do terraço do hotel Barceló Raval.
  • Transporte: usando o metrô para chegar até o bairro (se preciso).
  • Você vai gostar desse roteiro se: quer fugir da Barcelona mais turística, curte uma atmosfera multicultural e contrastes entre antigo e moderno.
  • Escolha outro roteiro se: está atrás da Barcelona de Gaudí ou das grandes atrações turísticas.

O roteiro

PONTO INICIAL. Há muitas estações do metrô ao redor do El Raval e muitos pontos de entrada no bairro. Nosso roteiro começa no sul de El Raval, na região do El Paral·lel. Pegue o metrô até a estação Paral·lel das linhas 2 (lilás) e 3 (verde). Escolha a saída (sortida) Ronda Sant Pau.

1. El Paral·lel (Paralelo em espanhol) é o nome de uma avenida e também, por consequência, de uma região de Barcelona. Na primeira metade do século XX, o Paral·lel foi um importante polo, a nível mundial, destinado ao entretenimento e ao lazer. O Paral·lel perdeu, há muito tempo, o brilho de seu esplendoroso passado. Saiba mais sobre a região lendo aqui.

Paral·lelParal·lel

Saindo da estação do metrô você vai ver alguns teatros que restaram da época e que ainda funcionam, como o Teatre Apolo ou El Molino.

2. Entre no El Raval pelo carrer de Sant Pau.

3. No segundo quarteirão da Carrer de Sant Pau, à direita, encontra-se a igreja de Sant Pau del Camp.

Sant Pau del CampSant Pau del Camp

É uma das surpresas mais incríveis de Barcelona, uma linda igreja românica bem no coração da cidade. A igreja data de 911 e é um dos templos mais antigos de Barcelona. Saiba mais sobre a igreja lendo aqui.

4. Continue pelo carrer de Sant Pau até chegar na Rambla del Raval. Trata-se de uma das avenidas mais jovens da cidade, criada em 1995, quando a prefeitura de Barcelona resolveu derrubar os cortiços que ocupavam a região, para abrir um grande espaço no coração do bairro de El Raval.

Rambla del RavalRambla del Raval

Saiba mais sobre a Rambla del Raval lendo aqui.

5. Percorra a extensão completa da Rambla. Logo no começo, à esquerda, descubra o simpático Gato de Botero, obra do artista colombiano Fernando Botero.

Gato de Botero, Rambla del RavalGato de Botero, Rambla del Raval

As formas arredondadas do bichano resultaram familiares para quem conhece a obra de Botero. O gato faz um grande sucesso com as crianças e também com os mais crescidinhos. Conheça a história do gato lendo aqui.

6. Um pouco mais em frente se levanta a moderna estrutura do Hotel Barceló Raval. Entre na recepção do hotel, dê uma olhada para ver o incrível design, e pegue o elevador que fica à direita para subir até o terraço do hotel.

Hotel Barceló RavalHotel Barceló Raval

No topo do hotel há um fantástico terraço circular com vistas panorâmicas de 360° da cidade de Barcelona. Imperdível.

7. Chegando no final de La Rambla del Raval, entre à direita no carrer de l’Hospital.

entre por esta rua à direitao muro do Hospital de la Santa Creu

Caminhe vários quarteirões até chegar no muro exterior da Biblioteca de Catalunya. Fica no lado esquerdo da rua, na interseção com o carrer de les Egipcíaques. A biblioteca ocupa o prédio do antigo hospital de la Santa Creu, e é considerado um excelente exemplo do estilo gótico civil catalão. O hospital foi transferido, em 1929, para o novo Hospital de la Santa Creu i Sant Pau, uma das joias modernistas de Barcelona.

8. Atravesse a pequena porta de acesso para entrar nos deliciosos Jardins de Rubió i Lluch, um oásis de tranquilidade no meio do bairro.

Jardins de Rubió i LluchJardins de Rubió i Lluch

O jardim é muito bonito e tranquilo e nele é possível encontrar muitas espécies de árvores, com predominância de laranjeiras. Hoje, o antigo hospital é sede da Biblioteca Nacional de Catalunya e também do Institut d’Estudis Catalans.

9. Atravesse os jardins e saia pelo acesso que se encontra no lado oposto da entrada que você usou. Então estará em uma rua com muros de pedra em ambos os lados.

El RavalEl Raval

À esquerda está o Institut d’Estudis Catalans. Se a porta estiver aberta, entre para ver o lindo claustro.

10. Uma porta final e você sai no carrer del Carme, uma das ruas mais tradicionais do El Raval.

El Raval

Virando à esquerda e caminhando até o número 63, você vai chegar no modernista bar Muy Buenas. O interior do bar conserva a mobília modernista original [atualização: o bar fechou suas portas em setembro de 2014. A decoração modernista da fachada foi retirada pelo inquilino do estabelecimento, envolvido em uma disputa com o proprietário.]

11. Volte para pegar o carrer dels Àngels, à esquerda. Faça um pequeno zigue-zague. Entre à direita pelo carrer del Pintor Fortuny e à esquerda pelo carrer del Doctor Dou.

12. Continue pela rua até o final e vire à esquerda no carrer d’Elisabets.

El RavalEl Raval

Logo mais vai descobrir, à direita, o branco e moderno prédio do MACBA (Museu d’Art Contemporani de Barcelona), um moderno museu que revolucionou o visual do bairro. A praça na frente do MACBA é ponto de encontro de skatistas e outras turmas urbanas.

13. Atrás do MACBA está outro museu, o CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona).

CCCB, El RavalCCCB, El Raval

Vale a pena chegar até o Pati de les Dones (pátio das mulheres), o elemento central do CCCB, que permite o acesso às diferentes partes do centro. É um lugar muito bonito onde se mescla o antigo com o moderno, refletidos na imensa fachada de vidro integrada ao prédio antigo.

14. Saia do CCCB e volte para o MACBA. Pegue agora o carrer de Ferlandina até o cruzamento com o carrer de Joaquín Costa.

CCCB, El RavalCasa Almirall, El Raval

No mesmo cruzamento está o bar modernista Casa Almirall, fundado em 1860. No interior do bar foram preservados muitos elementos da decoração modernista. O balcão é de mármore e em um extremo encontra-se uma escultura em ferro da musa da Exposição Universal de Barcelona de 1888.

15. Entre à direita e suba o carrer de Joaquín Costa.

El RavalEl Raval

É uma rua para pedestres que junta muitos elementos do bairro, com sua mistura de lojas, bares, restaurantes e mercadinhos étnicos.

PONTO FINAL. O roteiro pelo Raval termina no final da rua. Querendo pegar o metrô, vire à direita pela ronda de Sant Antoni e chegue até a estação Universitat da linha 1 (vermelha).

[pinit count="horizontal"]

Granja Viader

Granja Viader

Em uma rua estreita e minúscula do bairro de El Raval, muito perto das movimentadíssimas Las Ramblas, encontra-se um dos estabelecimentos mais tradicionais de Barcelona, a Granja Viader.

Granja Viader

No texto que dedicamos às granjas de Barcelona já explicamos que uma granja é um estabelecimento derivado das antigas “lecherías” (leiterias), onde se criavam as vacas e se distribuía o leite. Atualmente seguem com a mesma denominação e vocação, mas são muito mais urbanas e saborosas, constituindo algo tipicamente catalão, que não é comum encontrar em outras partes da Espanha. As granjas poderiam ser definidas como um tipo de confeitaria muito tradicional, onde são servidas iguarias derivadas do leite.

Granja Viader

A Granja Viader, fundada em 1870, é a mais antiga de Barcelona. Foi aberta na época em que as muralhas de Barcelona começavam a desaparecer e a cidade se expandir pelo novidadeiro Eixample.

Granja Viader

Atualmente a quarta geração da família continua tocando o estabelecimento. O leite e os ovos continuam vindo de uma propriedade rural no interior da Catalunha, enquanto eles mesmos elaboram queijos frescos e muitos produtos derivados do leite.

Granja Viader

Para um brasileiro pode até não significar muito, mas na Granja Viader foi inventado, em 1931, o Cacaolat, uma bebida de leite e cacau muito popular – e que hoje é propriedade do fabricante catalão de cervejas Damm.

Granja Viader

Entrar na Granja Viader é como viajar ao passado, vendo o uniforme de seus garçons, a mesas de mármore, o piso, janelas e portas da época, um verdadeiro sabor de tradição.

Granja Viader

Há várias pedidas muito tradicionais. A primeira é o suizo, uma taça de chocolate quente, escuro e espeso, com creme chantilly artesanal no topo.

Granja Viader

A segunda é o mel i mató, uma sobremesa clássica da Catalunha formada por queijo fresco com mel por cima.

Granja Viader

A terceira é a tradicional crema catalana, a sobremesa mais famosa da Catalunha.

Granja Viader

Finalmente, é possível provar também outras iguarias, como a mousse de chocolate caseira e todo tipo de doces que são uma grande ameaça para a balança. Que não seja por falta de aviso!

Localização e como chegar

A Granja Viader está no carrer de Xuclà, 4-6. Veja a localização no Google Maps aqui. A estação de metrô mais próxima é a Liceu, da linha L3 (verde) .

Confira horários de funcionamento e outras informações no site da Granja Viader. Atenção, a Granja fecha por volta do meio dia e só reabre no final da tarde; não abre nem domingos nem feriados.

O passaporte BCN comeu na Granja Viader de forma anônima, pagando todos os gastos relacionados com a refeição.

[pinit count="horizontal"]

Casa Almirall

Casa Almirall, Barcelona

A Casa Almirall é um bar modernista fundado em 1860. O estabelecimento mudou de donos em 1976.

Casa Almirall, Barcelona

No interior do bar foram preservados muitos elementos da decoração modernista. O balcão é de mármore e em um extremo encontra-se uma escultura em ferro da musa da Exposição Universal de Barcelona de 1888.

Casa Almirall, Barcelona

A Casa Almirall é um bom lugar para tomar uma cerveja, durante um passeio pelo Raval.

Casa Almirall, Barcelona

Como chegar

A Casa Almirall encontra-se no carrer de Joaquín Costa, 33, no bairro de El Raval. É uma parte do bairro muito frequentada por estudantes universitários. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Universitat das linhas 1 (vermelha) e 2 (lilás) e a Sant Antoni da linha 2 (lilás).

Dica do passaporte BCN

O Casa Almirall só abre a partir das 19:00h. Passando na frente do bar em qualquer outro horário, você vai encontrá-lo fechado.

Aproveite para conhecer outro estabelecimento modernista, o Bar Muy Buenas, que fica a três quarteirões da Casa Almirall.

[pinit count="horizontal"]

Bar Muy Buenas

Bar Muy Buenas, Barcelona

O Bar Muy Buenas é um bar modernista aberto no final do século XIX. Recebeu o nome de Bar Muy Buenas em 1928.

Na fachada do bar é possível contemplar linhas suaves emoldurando o nome do bar. No interior, o balcão de mármore é o original. Os elementos decorativos modernistas se perderam e, em 2001, o proprietário encomendou a decoração do muro do bar a um pintor argentino.

No Bar Muy Buenas são servidas comidas, mas também é um lugar ideal para tomar um café ou uma cerveja, durante um passeio pelo Raval.

Como chegar

O Bar Muy Buenas encontra-se no carrer del Carme, 63, no bairro de El Raval. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Liceu da linha 3 (verde) e a Sant Antoni da linha 2 (lilás).

Dica do passaporte BCN

Aproveite para conhecer outro estabelecimento modernista, a Casa Almirall, que fica a três quarteirões do Bar Muy Buenas.

[pinit count="horizontal"]

Rambla del Raval

Rambla del Raval, Barcelona

La Rambla del Raval é uma das avenidas mais jovens de Barcelona. Literalmente!

Rambla del Raval, Barcelona

Foi criada em 1995, quando a prefeitura de Barcelona resolveu derrubar os cortiços que ocupavam a região, para abrir um grande espaço no coração do bairro de El Raval.

Rambla del Raval, Barcelona

Onde antes se encontrava uma zona muito complicada da cidade, hoje estão palmeiras, bancos, cafés e restaurantes, que ajudam a criar um lugar muito agradável para um passeio ao ar livre.

Rambla del Raval, Barcelona

La Rambla também é um de ponto de encontro para as comunidades imigrantes que moram no bairro. De repente você pode achar que está em uma cidade do norte da África e não na capital da Catalunha.

Rambla del Raval, Barcelona

As crianças de origem paquistanesa aproveitam para praticar o esporte nacional do Paquistão, o críquete! Uma cena que só pode ser vista em uma cidade multicultural: críquete no Mediterrâneo.

Rambla del Raval, Barcelona

A inauguração recente do Hotel Barceló Raval contribuiu, ainda mais, com a revitalização dessa área, onde se misturam os locais, os modernos, os imigrantes e os turistas.

Rambla del Raval, Barcelona

La Rambla também é a morada, aparentemente, definitiva do Gato de Botero, que já passeou bastante pela cidade, antes de vir para o bairro.

Como chegar

A Rambla del Raval está no coração do El Raval. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Paral·lel, nas linhas 2 (lilás) e 3 (verde) e a Liceu, na linha 3 (verde).

Dica do passaporte BCN

Gosta de comida indiana? Aproveite a presença maciça de imigrantes do Paquistão e da Índia, no bairro. Dá para se deliciar em algum dos vários restaurantes indianos que se encontram em La Rambla. O restaurante Maharaja é especialmente bom. Pode ir sem medo, os espanhóis não curtem a comida picante e, certamente, não comerá nada com ardência atômica.

[pinit count="horizontal"]

Jardins de Rubió i Lluch

Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona
Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona

No bairro de El Raval, rodeado pelo antigo hospital de la Santa Creu, estão os Jardins de Rubió i Lluch, um oásis de tranquilidade no meio do bairro.

Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona

O prédio do antigo hospital é considerado um excelente exemplo do estilo gótico civil catalão. Sua construção começou em 1401. Séculos mais tarde, em 1929, o centro hospitalário foi transferido para o novo Hospital de la Santa Creu i Sant Pau.

Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona

Hoje, o antigo hospital é sede da Biblioteca Nacional de Catalunya e também do Institut d’Estudis Catalans.

Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona

Como chegar

Os Jardins estão no bairro do El Raval. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Liceu na linha 3 (verde).

O acesso aos jardins pode ser feito por duas entradas em ruas diferentes. Os dois acessos estão meio escondidinhos; veja as fotos das portas de entrada em cada uma das ruas.

Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona

Porta de acesso pelo Carrer de l’Hospital

Jardins de Rubió i Lluch, Barcelona

Porta de acesso pelo Carrer Carme

Dica do passaporte BCN

Os Jardins tem um café na entrada pelo Carrer de l’Hospital, o El Jardí. Ótimo lugar para um pit-stop tranquilo se estiver percorrendo o pedaço.

[pinit count="horizontal"]

Museu Marítim

Museu Maritim, Barcelona

O Museu Marítim de Barcelona é um recordatório do passado marítimo da cidade. Encontra-se no prédio ocupado antigamente pelas Reials Drassanes (Atarazanas Reales em español), um belo exemplo da arquitetura gótica cívil. Nesses estaleiros foram construídos os barcos que serviram à Coroa de Aragão.

Museu Maritim, Barcelona
Museu Maritim, Barcelona
Museu Maritim, Barcelona

O Museu, fundado em 1929, reúne uma grande coleção de obras que ajudam a entender o elo entre Barcelona e o mar, através da sua história.

Museu Maritim, Barcelona

Entre as obras se destacam os modelos de barcos, incluindo uma espectacular reprodução em escala real da Galera Real de Juan de Austria, que participou na batalha de Lepanto.

Museu Maritim, Barcelona
Museu Maritim, Barcelona
Museu Maritim, Barcelona

Além da coleção permanente, o museu recebe também exposições temporárias.

Visitas

A página web do museu contém informações sobre os horários de visita e preço dos ingressos.

Como chegar

O museu está na Avenida de les Drassanes, s/n, onde o bairro de El Raval se encontra com o mar, e muito perto do Mirador de Colom, na parte inferior de Las Ramblas. Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Drassanes da linha 3 (verde).

Dica do passaporte BCN

Museu Maritim, Barcelona

O museu conta com um café ao ar livre muito agradável na sua entrada.

[pinit count="horizontal"]

MACBA (Museu d’Art Contemporani de Barcelona)

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

Bem no meio das estreitas ruas do bairro do El Raval encontra-se um importante polo de cultura formado pelo MACBA (Museu d’Art Contemporani de Barcelona) e seu vizinho o CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona).

O projeto arquitetônico do MACBA sinalizou o começo de uma nova vida para o bairro de El Raval, quando foi inaugurado em 1995.

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), BarcelonaMACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona
MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), BarcelonaMACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

O prédio do museu é do arquiteto americano Richard Meier, que tinha como objetivo unir a arte contemporânea exposta no interior do museu e os prédios históricos que o rodeam. A cor branca é usada dentro e fora do prédio. O uso de grandes superfícies envidraçadas confere especial luminosidade ao interior do museu, onde as linhas retas e curvas se alternam.

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

Os diferentes níveis, no interior do museu, estão interligados por grandes rampas. Um recurso usado pelo arquiteto como uma forma de integrar o espaço interior e exterior do prédio.

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

O foco do acervo do museu é a arte dos últimos 50 anos. O MACBA exibe sua coleção permanente, além de abrir as portas para exposições temporárias.

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), BarcelonaMACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona
MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), BarcelonaMACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

MACBA (Museu d'Art Contemporani de Barcelona), Barcelona

Visita

O MACBA abre as segundas e de quartas a domingos. Fica fechado nas terças e nos dias 1 de janeiro e 25 de dezembro. No site oficial do centro podem ser conferidos os horários e preços.

Lembre-se que o passe articket BCN inclui o ingresso para o MACBA.

Ingressos

ingresso com desconto

A Visit Barcelona Tickets é a loja oficial de turismo da cidade de Barcelona, parceira do passaporte BCN. Saiba mais sobre ela aqui. Na Visit Barcelona Tickets você compra seus ingressos para o MACBA com desconto exclusivo aqui.

Como chegar

O MACBA está na Plaça dels Àngels, 1, no meio do bairro de El Raval e do lado do CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona). Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Universitat nas linhas 1 (vermelha) e 2 (lilás).

Dica do passaporteBCN

Mesmo que a arte contemporânea não faça sua cabeça, dê uma passadinha para conhecer o prédio. A animada praça, em frente do MACBA, é ponto de encontro de skatistas e outras turmas urbanas.

[pinit count="horizontal"]

CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona)

CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona), Barcelona

Bem no meio das estreitas ruas do bairro do El Raval encontra-se um importante polo de cultura formado pelo CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona) e seu vizinho o MACBA (Museu d’Art Contemporani de Barcelona).

CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona), Barcelona

O CCCB é mantido pela Prefeitura de Barcelona e a Diputación de Barcelona – o governo da cidade e o governo da província de Barcelona. Foi inaugurado em 1994, depois de uma profunda reforma no prédio que antes era ocupado pela Casa de la Caritat de Barcelona.

CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona), Barcelona

O CCCB tem uma intensa programação cultural que inclui shows de música, cinema, cursos, palestras e festivais, com foco na cidade e nas novas tecnologias. Para o visitante que está de passagem por Barcelona, a parte mais interessante do CCCB são suas exposições temporárias.

CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona), Barcelona

O Pati de les Dones (pátio das mulheres) é o elemento central do CCCB, permitindo o acesso às diferentes partes do centro. É um lugar muito bonito onde se mescla o antigo com o moderno, refletidos na imensa fachada de vidro integrada ao prédio antigo.

CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona), Barcelona
CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona), Barcelona

Visita

O CCCB abre de segunda a domingo e fecha unicamente nos dias 1 de janeiro e 24, 25 e 31 de dezembro. No site oficial do centro podem ser conferidos os horários e preços. A visita às exposições é paga e no site oficial é você poderá conferir qual a programação durante sua visita à cidade.

No site do CCCB existe também a possibilidade de fazer uma visita virtual pelo centro.

Lembre-se que o passe articket BCN inclui o ingresso para o CCCB.

Como chegar

O CCCB está na rua Montalegre, 5, no meio do bairro de El Raval e do lado do MACBA (Museu d’Art Contemporani de Barcelona). Veja aqui a localização no mapa. A estação de metrô mais próxima é a Universitat nas linhas 1 (vermelha) e 2 (lilás).

Dica do passaporte BCN

O ingresso ao CCCB é de graça nos domingos de 15:00h a 20:00h. Aproveite e suba até o último andar onde é possível ter uma linda vista, através da grande janela de vidro.

[pinit count="horizontal"]
12