visita à Codorníu, o berço do cava

Codorníu

A empresa familiar Codorníu é um dos maiores produtores de cava do mundo. O cava é o vinho espumante produzido principalmente na Catalunha, similar ao champanhe francês. Codorníu é também a vinícola catalã que viu o cava nascer.

Codorníu

A visita à Codorníu tem um duplo interesse: por um lado, conhecer a história de um símbolo da Catalunha, o cava; por outro lado, se surpreender com a espetacular arquitetura modernista das suas instalações, obra do famoso arquiteto modernista Josep Puig i Cadafalch e declarada Patrimonio Histórico Artístico. Um passeio perfeito para quem sem interessa pelo enoturismo ou para quem quer conhecer um lugar muito bonito.

Codorníu

Nada mais chegar à recepção da Codorníu, o visitante já fica impressionado pela maravilhosa sala Puig, a “catedral del cava”.

Codorníu
Codorníu
Codorníu

É um lugar que convida a sentar e relaxar, contemplando as curvas e os detalhes da obra de Puig i Cadafalch. Mas agora mesmo não há tempo para o descanso, pois a visita começa logo mais!

Codorníu

O primeiro ponto da visita é um curto e bonito audiovisual que serve para apresentar a história da Codorníu e do cava, além de contextualizar a visita que vai ser feita a seguir. Aliás, vamos falar um pouco dos mais de 450 anos de história da Codorníu. As orígens da empresa estão em uma família que já produzia vinhos no século XVI (a Codorníu é a empresa familiar mais antiga da Espanha e uma das mais antigas do mundo).

Codorníu

Em 1659, Anna Codorníu casou com Miquel Raventós e, a partir da união, a família Raventós passou a ser proprietária da Codorníu. Em 1872, Josep Raventós Fatjó, herdeiro de uma longa tradição familiar de cultivo de videiras para produção de vinho, consiguiu elaborar a primeira garrafa de cava.

Codorníu

O filho de Josep, Manuel Raventós, vislumbrou um novo rumo para a empresa e decidiu focar a produção exclusivamente nos cavas. Viajou para a França e aprofundou seus conhecimentos sobre o champanhe francês. Em 1895, contratou o arquiteto modernista Josep Puig i Cadafalch para que fosse responsável pela ampliação da bodega. Você provavelmente já teve a chance de contemplar alguma obra do arquiteto na cidade de Barcelona. Ele é o autor, entre outras construções, da Casa Amatller, a Casa Macaya, a Casa Martí, Els Quatre Gats, a Casa Terrades (Casa de les Punxes) ou a Fábrica Casaramona (onde encontra-se o CaixaForum).

Hoje Codorníu é uma das grandes marcas de cava e a pionera na elaboração do espumante.

Codorníu

Finalizado o vídeo de apresentação, os visitantes sobem em um trem elétrico que faz um percurso pela parte externa das bodegas, contemplando as diversas construções modernistas. O passeio de trem é acompanhado por una narração.

Codorníu

Depois do percurso externo com o trem, a visita pelo interior das bodegas. O primeiro ponto no nínel térreo, no “Celler Gran”, é um grande espaço convertido em museu, onde é possível aprender mais sobre a história e a elaboração do cava a partir de vídeos, uma mesa olfativa e objetos antigos. Uma maquete interativa da bodega permite entender melhor sua estrutura e proposta de construção.

Codorníu

A “mesa dos aromas” é um dos recursos museísticos mais interessantes, onde o visitante pode aprender mais sobre as variedades de uvas usadas para a elaboração do cava e perceber qual é o aroma que cada uma das uvas aporta ao cava.

O método tradicional de elaboração do cava usa três variedades de uva da região de Penedès: macabeo (que contribui um sabor doce e perfume), xarel·lo (finura, frescor e aroma) e parellada (corpo e estrutura). Mais tarde, o cava passou a ser elaborado utilizando também variedades de uva francesa como a pinot noir e a chardonnay.

Codorníu

A visita continua agora nas caves subterrâneas. Hora de descer escadas e colocar um agasalho!

Codorníu
Codorníu

Nas caves é possível conhecer a maquinaria utilizada tradicionalmente para a elaboração do cava.

Codorníu
Codorníu

Uma parte do percurso pelas gigantescas caves é feito em um trem elétrico, que leva os visitantes por uma sucessão interminável de corredores onde milhares de garrafas aguardam o momento certo para serem comercializadas.

Codorníu
Codorníu

No corredor final, percorrido a pé, é apresentada uma sequência histórica de cavas da Codorníu.

Codorníu
Codorníu

Retornando à Sala Puig, a visita termina com a degustação de dois cavas premium.

Codorníu
Codorníu

Opções de visita à Codorníu

Codorníu oferece várias opções de visita. Podem ser consultadas no seu site, agrupadas nos conceitos Visita, Actividades Enogastronómicas e Actividades Enoturísticas.

No contexto de um bate-volta de meio dia ou de um dia completo em Sant Sadurní d’Anoia, vamos destacar dois tipos de visita:

  • a Visita Cordorníu. Inclui o percurso pelas bodegas descrito acima, com desgustação de dois cavas premium. Os detalhes da visita, incluindo custo, idiomas e horários, podem ser conferidos aqui. A visita tem uma duração aproximada de 1 hora e 30 minutos.
  • o Desayuno Mediterráneo (café da manhã mediterrâneo). Uma ótima forma de começar o dia. Além da visita pelas bodegas descrita acima, o Desayuno Mediterrâneo inclui um café da manhã com produtos típicos da dieta local: pão com tomate, embutidos e cava. Os detalhes do Desayuno Mediterráneo, incluindo custo, idiomas e horários, podem ser conferidos aqui.

Para quem tem interesse especial no enoturismo, pode consultar as demais opções de visitação à Codorníu.

Visitas combinadas

Codorníu oferece visitas combinadas, com valor reduzido, que permitem visitar as bodegas Codorníu e uma segunda atração turística em Sant Sadurní d’Anoia.

A visita combinada pode incluir o CIC Fassina (Centro de Interpretação do Cava) ou o Espacio Chocolate Simón Coll. O ingresso pode ser comprado na Codorníu ou em qualquer uma das outras duas atrações.

Se você já tiver comprado e pago por seu ingresso para visitar a Codorníu, ainda vai poder optar pela compra do ingresso combinado com desconto, na hora que você chegar na própria Codorníu.

Reserva prévia

Apesar de não ser estritamente necessário, é altamente recomendável reservar antecipadamente sua visita tanto à Codorníu, como às restantes atrações turísticas de Sant Sadurni d’Anoia.

A reserva pode ser feita mesmo que seja um dia antes da visita. Às vezes, podem receber visitas de grandes grupos que obrigam a mudar os horários ou as condições de visitação, e por isso é sempre bom reservar com antecedência. Não chegue na Codorníu sem reserva.

Como chegar à Codorníu

Codorníu está nos arrededores de Sant Sadurní d’Anoia. Veja a localização exata no mapa aqui.

Há três formas diferentes de chegar até a Codorníu saindo de Barcelona.

  • De ônibus direto. Codorníu tem um serviço direto de ônibus que parte de Barcelona e chega até as bodegas. O ônibus é operado pela empresa Hillsa. A passagem de ida tem um preço de €4 e a viagem demora 45 minutos. Esta seria a opção ideal, mas você precisa prestar atenção para que o horário da sua chegada bata com o horário da visita no idioma da sua escolha. O ônibus direto é uma ótima opção se você quer fazer o “Desayuno Mediterráneo”.
    O ônibus parte de Barcelona às 9h e chega na Codorníu às 9:45h. O ponto de saída do ônibus é a rua Urgell, 229-231 (veja a localização exata no mapa aqui). É muito fácil identificar o ponto de ônibus, fica bem do lado de uma oficina e concessionária de carros. O ônibus da Codorníu costuma ficar estacionado na parte final da fila de ônibus intermunicipais. Procure pela placa “Codorníu” na frente do ônibus e não atrasse, o ônibus parte na hora. A estação de metrô mais próxima é Hospital Clínic na linha 5 (azul). Este serviço direto não funciona durante os finais de semana.
  • De ônibus até Sant Sadurní d’Anoia e a pé até a Codorníu (um passeio de 15 minutos). Dependendo do horário da sua visita à Codorníu, pode ser mais interessante pegar um ônibus até Sant Sadurní d’Anoia e caminhar até a Codorníu. Dependendo do horário da visita à Codorníu, pode até sobrar tempo para visitar antes alguma das outras atrações da cidade, especialmente o CIC Fassina (Centro de Interpretação do Cava).
    O ônibus Barcelona-Sant Sadurní é operado pela empresa Hillsa. A passagem de ida tem um preço de €4 e a viagem demora 45 minutos. Pode conferir horários e preços atualizados aqui (pesquise na janela “Línia Barcelona”, se tiver algum problema para achar os horários, pergunte para a gente, tentaremos ajudar). O ponto de saída do ônibus é a rua Urgell, 229-231 (veja a localização exata no mapa aqui). É muito fácil identificar o ponto de ônibus, fica bem do lado de uma oficina e concessionária de carros. A estação de metrô mais próxima é Hospital Clínic na linha 5 (azul). Em Sant Sadurní, o ônibus para no centro da cidade. Pergunte para o motorista como chegar na Codorníu ou no seu destino dentro da cidade.
  • De trem até Sant Sadurní d’Anoia e a pé até a Codorníu (um passeio de 25 minutos). Dependendo do horário da visita à Codorníu, pode até sobrar tempo para visitar antes alguma das outras atrações da cidade, especialmente o CIC Fassina (Centro de Interpretação do Cava).
    O trem Barcelona-Sant Sadurní é operado pela RENFE. A passagem de ida tem um preço de €4,10 e a viagem demora 42 minutos. Pode conferir horários e preços atualizados aqui (pode escolher como estação de partida tanto a Plaça Catalunya como Sants Estació, se tiver algum problema para achar os horários, pergunte para a gente, tentaremos ajudar). A linha que vai até Sant Sadurní é a R4. Na ida, você precisa embarcar no sentido Sant Vicenç de Calders e descer na estação Sant Sadurní d’Anoia. Em Sant Sadurní, a estação de trem fica do lado da vinícola Freixenet. Saia da estação do trem no sentido da cidade e não hesite em perguntar para saber como chegar na Codorníu.

Como voltar da Codorníu para Barcelona

Codorníu está nos arrededores de Sant Sadurní d’Anoia. Veia a localização exata no mapa aqui.

Há duas formas diferentes de voltar da Codorníu a Barcelona (se você não for visitar nenhuma outra atração turística em Sant Sadurní).

  • De ônibus. Caminhe da Codorníu até o centro da cidade para tomar o ônibus de volta para Barcelona. Peça orientações na recepção da Codorníu para não errar o caminho. O ônibus Sant Sadurní-Barcelona é operado pela empresa Hillsa. A passagem de ida tem um preço de €4 e a viagem demora 45 minutos. Pode conferir horários e preços atualizados aqui (pesquise na janela “Línia Barcelona”, se tiver algum problema para achar os horários, pergunte para a gente, tentaremos ajudar).
  • De trem. Caminhe da Codorníu até o centro da cidade e do centro até a estação de trem.
    O trem Sant Sadurní-Barcelona é operado pela RENFE. A passagem de ida tem um preço de €4,10 e a viagem demora 42 minutos. Pode conferir horários e preços atualizados aqui (pode escolher como estação de destino tanto a Plaça Catalunya como Sants Estació, se tiver algum problema para achar os horários, pergunte para a gente, tentaremos ajudar). A linha que vai até Barcelona é a R4. Na volta, você precisa embarcar no sentido Manresa e descer na estação da sua escolha em Barcelona.

A opinião do passaporte BCN

Recomendamos muito a visita à Codorníu, que é tão bonita quanto interessante. Você vai conhecer um lugar muito lindo e ainda saber tudo sobre um produto bem típico da Catalunha, o cava.

Um bate-volta perfeito que pode ser complementado com outras visitas na cidade de Sant Sadurni d’Anoia.

—————————————————–
Os autores do passaporte BCN escolheram escrever sobre a Codorníu por saber que certamente seria um assunto de interesse para nossos leitores. Nossa visita à bodega contou com o apoio da Codorníu. As opiniões, comentários, avaliações e fotografias publicadas aqui refletem nossa experiência pessoal e nosso compromisso com nossos leitores.

59 comentários em “visita à Codorníu, o berço do cava”

  1. Tony,

    Estamos em Barcelona e há previsão de chuva para domingo. Vocês acham que uma visita à Codorniu seria uma boa opção para aproveitar o dia chuvoso com um programa interessante?

    Obrigado

    1. Tony

      Prezado Guilherme, Codorniu poderia ser uma boa opção, sim. A maior parte da visita é feita em lugares fechados sem interferência da chuva. Tudo bem que podendo escolher um dia de sol seria preferível, mas dá para encarar como programa alternativo para dia de chuva. Veja também nosso texto programas para Barcelona em dia de chuva que contém várias ideias. Abraço.

  2. Olá. Muito boa a matéria sobre Codorníu, mas fiquei com uma dúvida.
    A saída do 1o ônibus de Barcelona é às 9h com duração de 45 min. Mas, pelo site deles, a visitação em espanhol começa às 9h30min, sendo a próxima às 10hs em Ingles. Não tem outra saída do ônibus mais cedo?
    Obrigada

    1. Tony

      Prezada Rosana, no momento estamos fazendo trabalho de campo. Na quarta-feira, já de volta em casa, responderemos sua consulta com a atenção que merece. Abraço.

  3. Boa noite,

    A cada vez que volto ao site me surpreendo… realmente o mais completo sobre Barcelona e, quiçá, sobre viagens em geral. Bateu uma dúvida… Acima disse que o ônibus casaria com o horário do desayuno mediterraneo, mas o horário do desayuno é 9:30, igual à visita. Alguma sugestão? O ônibus tem algum site?

    1. Tony

      Prezado Thiago, é muito bom saber que temos mantido essa capacidade de surpreender! Thiago, há vários horários para o café-da-manhã, que é casado com a visita. Sábados, domingos e feriados tem café às 11:00 (meia hora antes da visita). De segunda a sexta, tem café às 12:30. Em ambos os casos se você for fazer a visita em espanhol. O ônibus não tem site, é um serviço contratado pela Codorníu. A alternativa é chegar até Sant Sadurní d’Anoia de ônibus com a linha regular ou de trem e depois caminhar ou pegar um táxi até a Codorníu (veja os detalhes no texto acima). Abraço.

  4. Olá , Tony
    Estou em Barcelona e já utilizei vários dos seus roteiros e dicas, todos muito bons.
    Ontem, sábado fiquei no ponto da Urgel , em frente à concessionária das 8:45 às 9:15 esperando o ônibus que vai para Codorniu, mas não apareceu nenhum. Gostaria muito de ir.
    Eu preciso reservar o ônibus?
    Abcs

    1. Tony

      Bom dia, Karina. Não entendemos o que aconteceu com o ônibus da Codorníu. No site da Codorníu fica claro que o ônibus de volta só funciona de segunda a sexta, mas não há nenhuma restrição referente ao ônibus Barcelona-Codorniu. É altamente recomendado reservar a visita à Codorníu, mas não é necessário reservar o ônibus. O ônibus da Codorníu para rapidamente nas últimas posições da fileira de ônibus que se forma no ponto da Urgel. Abraço.

  5. Olá Tony, com o objetivo apenas de acrescentar , seria bom informar que o transporte de onibus direto para Codorniu, não funciona no fim de semana(sábado e domingo) . Foi esta a informação que recebemos .Estivemos lá no inicio de fevereiro e aguardamos no ponto no local informado, chegamos pontualmente. Pegamos então um onibus comum , até Sant Sadurni, q nos deixou no centro da cidadezinha , q vale a pena ser visitada.Na propria cidade tem lojas para degustação. Não achamos muito perto para ir a pé, até a vinicola .Na cidade procuramos o centro turístico , que nos conseguiu um taxi q nos levou a Codorniu , lindíssima por sinal . Um bate e volta que vale muito a pena . E Parabéns para seu site , adoramos a viagem e suas dicas foram muito boas !

    1. Tony

      Prezada Cynthia, agradecemos muito seu retorno por aqui e a gentileza de informar sobre o não funcionamento do ônibus direto durante o final de semana. Já acrescentamos um aviso no texto. Sant Sadurni é uma cidade interessante, sim, com várias coisas para se fazer nela. Imaginamos que você já tenha visto nosso texto Sant Sadurní d’Anoia apresentado as atrações da cidade. Da Cordoníu até a estação de trem é quase meia hora a pé, uma caminhada. Ficamos felizes de que vocês tenham gostado da Codorníu, é uma vinícola muito bonita. Abraço.

    1. Tony

      Prezada Raquel, seria possível combinar ambos passeios se você estiver de carro. A montanha de Montserrat é relativamente próxima de Sant Sadurní d’Anoia, onde fica a Codorníu. Já de transporte público é bem mais complicado, sendo que não há ligação direta entre ambos lugares e você vai ter que voltar até Barcelona para seguir na direção de Sant Sadurní d’Anoia. A linha de trem de Montserrat é operada pela FGC, os trens da Catalunya, enquanto a linha de Sant Sadurní d’Anoia é operada pela RENFE. Abraço.

  6. Olá, estou indo pra Barcelona daqui 1 semana e quero fazer esta visita a Codorniu. Só não entendi bem lá no site a diferença entre as opções Desayuno Mediterrâneo e Desayuno Entre Cavas. Vi q o café servido no segundo é mais completo e não tem degustação no final da visita. É só isso?

    1. Tony

      Prezado Italo, o café servido no Desayuno entre Cavas é mais completo e inclui a degustação de dois cavas que no Desayuno Mediterrâneo acontece no final da visita. Abraço.

      1. Tony

        Por nada, Italo. Aproveite as caixas de comentários para tirar todas as dúvidas sobre sua viagem, estamos aqui para tentar ajudar. Abraço.

  7. Boa tarde Tony!
    Acabo de reservar uma visita à Codorníu dia 31/dez/15, as 12h30, sem desayuno. Pelo horário da minha visita, estou considerando que o ônibus direto não é uma boa opção, pois chegará muito cedo, a menos que tenha coisas para se fazer na própria vinícola para passar o tempo. Se meu entendimento estiver correto, a melhor opção é pegar o ônibus de linha ou o trem, certo? Qual dos dois você recomenda?
    Adicionalmente, gostaria de saber se há necessidade de comprar passagem do ônibus de linha antecipadamente ou paga-se na hora?

    Obrigada,

    Michela

    1. Tony

      Prezada Michela, realmente não há muito o que fazer na vinícola antes da visita. Tanto o ônibus como trem são opções válidas, você já deve ter visto os detalhes de cada um dos transportes no texto acima. Pode comprar a passagem na hora. Abraço.

      1. Tony, olha eu aqui de novo…rs…
        Vi que o ônibus para Codorníu ou Sant Sadurní d’Anoia também para no metrô Maria Cristina – L3 verde (acredito que seja a 2ª parada), que fica à 3 quadras do nosso hotel, na Av. Diagonal. Entretanto tenho receio do ônibus passar lotado, já que o ponto de partida é na estação Hospital Clínic. Saberia me dizer se corremos esse risco ou podemos pegá-lo na 2ª parada sem maiores problemas?

        Obrigada!

      2. Tony

        Prezada Michela, é difícil dar garantias absolutas, mas o dia que pegamos o ônibus estava bem vazio. Abraço.

  8. Helga Calheiros Amador

    Olá. Antes de mais nada quero agradecer por um site tão completo, realmente tem todas as informações necessárias. Fiquei apenas com uma dúvida. Irei para Barcelona agora dia 25 e gostaria de fazer o passei a cava Codoníu e a Fábrica de chocolate, e acredito que o ônibus seja o melhor meio para nós irmos ( estarei com meu marido e mais um casal), a dúvida é se devo comprar as passagens com antecedência, por um site, ou se compro as passagens na hora? Mais uma vez obrigada. Helga

    1. Tony

      Prezada Helga, bem-vinda ao passaporteBCN. Entendemos que você chegará em Barcelona no dia de Natal e fará o passeio em outro dia. Pode comprar as passagens do ônibus na hora, normalmente não deveria existir nenhum problema para poder embarcar. O mesmo serve para as passagens de trem até Sant Sadurní d’Anoia, podem ser compradas na hora. Bom passeio para vocês! Abraço.

  9. Tony estou com viagem mrcada para barcelona entre os dias 23 a 31 de maio e fui tentar reservar uma visita para alguns desses dias e nao consigo. PARECE QUE ESTA ABERTA ATE O DIA 21. Nao funciona nestes dias?

    1. Tony

      Prezada Maiza, parece que os horários a partir do dia 21 ainda não foram introduzidos no sistema, vai ter que aguardar mais uns dias. A Codorníu deve abrir normalmente durante o período da sua visita a Barcelona. Abraço.

  10. Prezados,

    Inicialmente, gostaria de parabenizá-los pelo site. Tinha dúvidas se valeria ficar mais do que 03 dias em Barcelona e agora já penso que uma semana será pouquíssimo.

    Como não vou pegar carro e como eu e a minha esposa somos muito atrapalhados no uso do transporte público, gostaria de saber se há operadoras que oferecem passeios com a Cava incluída e, caso positivo, se teriam algum de maior confiança/qualidade para indicar.

    Desde já agradeço.

    Evandro.

    1. Tony

      Prezado Evandro, bem-vindo ao passaporte BCN! Para quem quer ser levado e trazido, sem ter que esquentar com a locomoção, indicamos o passeio vinho e cava, que inclui a visita a três vinícolas, entre elas a Freixenet, produtora de cava vizinha da Codorníu. Clicando no link você vai conhecer com detalhe como é o passeio. Abraço.

  11. Olá Tony, estamos indo para Barcelona no dia 06/05 e pensamos em ir para Codorniu e Montserrat na segunda feira. Você acha que podemos fazer ambos os passeios em 1 dia. Estamos em 2 casais e estamos pensando em ir de taxi. O que você acha? É melhor irmos de manhã para Codorniu e depois para Montserrat? Podemos comprar somente as passagens de trem em Montserrat para voltar para Barcelona?

    1. Tony

      Prezado Juvenal, o problema de tentar fazer Codorníu e Montserrat no mesmo dia é que, mesmo sendo dois lugares não muito distantes, se o passeio for feito de trem, vocês vão ter que voltar até Barcelona para pegar de novo um trem até o segundo destino, uma grande perda de tempo. O táxi é uma possibilidade, mas pode acabar custando uma verdadeira fortuna. Para reduzir o custo, vocês poderiam ir na Codorníu de manhã para depois pegar um táxi em Sant Sadurní d’Anoia para ir até Montserrat. Mas não saberiamos informar o custo do táxi. A escolania de Montserrat canta às 13 horas, é uma experiência muito bonita.
      Podem comprar as passagens de trem em Montserrat para voltar para Barcelona, sim. Precisando de qualquer esclarecimento sobre Montserrat, aproveitem para perguntar aqui. Abraço.

  12. Olá,
    Agendei uma visita à Codorniú para junho e não consegui ver os horários de trem de volta a Barcelona. Ainda está cedo para isso?
    Pensei em pegar o ônibus direto às 9h na ida e voltar de trem no final do dia; quais atrações daria para encaixar após a visita a Codorniú nas redondezas já que não estaremos de carro? Vi que a Freixenet é ao lado da estação de trem, vocês conhecem? Vale a visita? Fiquei um pouco sem entender se é possível conhecer outras bodegas a pé, e se não, qual seria o melhor jeito de se locomover por lá.
    Obrigada!
    Abs
    OBS: O site é incrível, está sendo muito útil para a organizaçao da minha viagem. Parabens!

    1. Tony

      Prezada Mariana, não se preocupe, vai ter trem de volta, eles circulam com frequência. Finalizando a visita à Codorníu, você pode ficar passeando pela cidadezinha de Sant Sadurní d’Anoia (veja informações detalhadas aqui). São 10 minutos a pé da Codorníu até o vilarejo. Você poderia ir na Freixenet, mas seria uma visita um pouco repetitiva, ou aproveitar e conhecer o CIC Fassina (Centro de Interpretação do Cava) e/ou Espacio Chocolate Simón Coll. Veja no texto acima informações sobre o ingresso combinado para essas atrações. Abraço.

    1. Tony

      Germano, nosso guia contém 15 roteiros que percorrem a cidade de Barcelona. Os bate-voltas não estão contemplados no guia. Independente de você comprar o guia ou não, no texto acima explicamos com detalhe como fazer a visita à Codorníu e ainda oferecemos um espaço para que você tire qualquer dúvida que tiver sobre o assunto. Abraço.

  13. JOAO ROBERTO MORETTO

    Ola, boa noite. Sensacional o site Passaporte BCN. Uma pergunta: Achei no site da Codorniu uma opção de visita combinada a Montserrat, por 69 euros. PArece bem interessante. so fiquei com duvida se conseguiremos fazer o passeio completo em Montserrat , pois a duração total do passeio é de 6:30h. Voces conhecem esse passeio combinado? Obrigado abs Joao

    1. Tony

      Prezado João Roberto, seja bem-vindo ao passaporteBCN. Na verdade, a Codorníu revende um passeio organizado por uma agência de Barcelona. Se você não se incomodar com o fato do passeio ser unicamente em inglês, pode ser uma boa opção. Mas nunca o fizemos e por isso não podemos avaliar se está bem organizado, com tempo suficiente para conhecer os lugares visitados. ABraço.

  14. Oi Tony,
    Sei que é complicado, mas você acha que compensa abrir mão de conhecer a Codorníu, para fazer o passeio Vino y Cava? Sei que o passeio é bem mais completo, mas a Codorníu me pareceu a mais interessante das 4. O que você acha? Abraço!

    1. Tony

      Bom dia, Eduardo. É complicado mesmo. Realmente, entre todas as vinícolas que produzem cava, achamos que a Cordoníu é a mais linda. Mas o passeio Vino y Cava é mais completo, ao dar uma visão mais geral dos diferentes tipos de vinos produzidos na região. Se você tiver pouco tempo ou um interesse específico no enoturismo, escolha a Codorníu e complete o passeio com a visita a algum outro lugar de interesse em Sant Sadurní d’Anoia. Se você tiver mais tempo e quiser fazer um passeio muito relax e delicioso, faça o Vino y Cava. O melhor de tudo é que você não tem como errar com sua escolha! Abraço.

      1. Muito obrigado, Tony! Por ser inverno, vou optar pela Codorníu agora. Deixar o passeio mais completo para uma melhor época das uvas, agosto/setembro. Abraço!

      2. Tony

        Perfeito, Eduardo. É verdade que agora no inverno a paisagem não é tão bonita como na primavera, verão ou outono. A Codorníu é uma escolha perfeita. Abraço.

  15. Bom dia! Estou indo a BCN em outubro, com minha avó e tias, que já são idosas e com problemas no joelho. Pensei em fazer o passeio a Codorniu, pois penso que não exige muita caminhada e nem deve ter muita escada ou ladeiras. Vocês poderiam me sugerir algum outro passeio mais tranquilo para elas? Eu quero ir a Girona, mas acho que a cidade exige mais do que elas aguentariam… Obrigada e parabéns pelo site!!

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Prezada Carol, todas as “cavas”, ficam no subsolo, sempre há escadas íngremes que precisam ser descidas para chegar no nível onde são elaborados os vinhos. Entre os bate-voltas para quem tem dificuldades para caminhar, Sitges em dia de sol seria uma ótima escolha. Montserrat com muita calma também não seria ruim. Abraço.

      1. Tony | PASSAPORTE BCN
        Tony | PASSAPORTE BCN

        Por nada, Carol, precisando de novos esclarecimentos, aproveite para perguntar. Abraço!

  16. Oi Tony,
    Estou impressionado com o site Passaporte BCN. Extremamente completo e prático.
    Tire-me uma dúvida, por favor.
    é possível fazer por conta própria a visita a Bodega Codorniu e visitar MontSerrat, no mesmo dia?
    Obrigado e parabéns pelo site

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Olá de novo, Rica. Você poderia combinar Codorníu e Montserrat no mesmo dia, sempre que estiver de carro. O problema é que condução de carro e visita a vinícola não combinam muito bem. De transporte público não é possível, você teria que voltar até Barcelona. Abraço.

      1. Obrigado Tony
        Fiz um questionamento sobre conciliar Codorniu e Montserrat no roteiro Cava y Vino que voce já me respondeu aqui.
        Muito obrigado.

  17. Boa tarde!
    Consigo combinar a visita a Cordoniu e Monserrat num mesmo dia? Partindo de Barcelona de ônibus primeiro iria para Monserrat, mas como faço para ir de Monserrat a Cordoniu? Obrigado por sua ajuda, bj

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Prezada, apesar da proximidade entre a Codorníu e Montserrat, não existe ônibus direto entre os dois lugares, você teria que pegar um trem até Martorell e um segundo trem até Monistrol de Montserrat. Em Martorell você teria que trocar de estação, sendo que um trem é operado pela RENFE e o segundo trem é operado pela FGC, em estações separadas uma da outra. Abraço.

  18. Tony, boa tarde.
    Tentei reservar uma visita pelo site pro dia 5 de janeiro, mas não consegui.
    Parece que a vinícola fica fechada de 24/12 a 08/01. É isso mesmo?
    Se for, vale a pena mesmo assim visitar a região? Outras vinícolas e demais atrações, como a chocolateria, também estarão fechadas nesse período?
    Comprei seus guias e foram muito úteis na elaboração dos roteiros de viagem!
    Obrigado.

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Prezado André, é isso mesmo, a Cordoníu estará fechada todo o período do Natal e Ano Novo, reabrindo no dia 8 de janeiro. A Freixenet deve abrir nos dias 29, 30 e 31 de dezembro. O passeio Vino i Cava (clique no link para saber mais) é oferecido no dia 31. É uma boa opção porque visita três vinícolas diferentes. Abraço.

  19. Quando abro para ver os horario de onibus para sant sadurni saindo de Barcelona aparecem duas tabelas sortides st sadurni e sortides Barcelona. A ida deveria olhar qual? Sortides st sadurni?

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Izabella, “sortidas” significa “saídas”. Sortidas de Sant Sadurní são os horários na direção Sant Sadurní-Barcelona. Sortidas de Barcelona é o sentido contrário. Abraço.

  20. Olá Tony!
    Estou planejando minha viagem e gostaria de conhecer a Cava Freixenet e a Codorniú. Vi que elas são bem próximas uma da outra, aproximadamente 30 min de caminhada. Ou não sei se é fácil conseguir algum táxi para ir de uma a outra? Vc acha que da pra fazer as duas em um dia? ou fica muito cansativo?

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Olá Paula, dá para fazer as duas vinícolas no mesmo dia, sem problemas. A caminhada é bem tranquila. Para conseguir um táxi, você teria que pedir ajuda a alguém da recepção da vinícola para chamar um táxi. O processo de elaboração do cava é bem parecido, por isso seria melhor fazer uma vinícola e o Centro de Interpretación del Cava que fica na cidadezinha.

  21. Olá Tony,
    É possível combinar uma visita a Codorníu com desanuyo Mediterrâneo na 5ª feira, dia 11/out/18 e Colònia Güell + Cripta com carro alugado? Entendo que de transporte público seria complicado, certo? Prefiro dedicar um dia inteiro a Montserrat conforme sugestão do Passaporte BCN. Obrigada. Abs,

    1. Tony | PASSAPORTE BCN
      Tony | PASSAPORTE BCN

      Bom dia de novo, Simone. A combinação proposta por você (Codorníu e Colònia Güell) é possível de carro alugado, sim. De trem também seria possível, mas você teria que fazer uma troca de trem na ida e outra na volta. Abraço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *