Menu

a devolução do IVA

Na Espanha, existe a possibilidade de devolução de parte do IVA (impuesto sobre el valor añadido, saiba mais aqui) pago pelos turistas na compra de produtos que não ficarão no território espanhol. Essa tramitação é conhecida como Tax Free.

devoluçao iva

Para ter direito à devolução do imposto é necessário:

  • que você resida fora da União Europeia.
  • que você realize compras em uma loja participante do programa Tax Free. A grande maioria das lojas de Barcelona fazem parte do programa, mesmo que não coloquem um cartaz na parte exterior do estabelecimento. Na dúvida, sempre é bom perguntar antes de comprar.
  • que você exija o formulário do tax free no momento de fazer a compra.
  • apresentar seu passaporte no ato da compra.
  • apresentar a nota fiscal correspondente à compra. E não esqueça que pode ser solicitada a apresentação do produto comprado.

devoluçao iva

A devolução não contempla despesas com serviços, tais como: hospedagem, alimentação, ingressos ou aluguel de veículos.

Até pouco tempo atrás, o procedimento para obter a devolução do imposto devia ser realizado necessariamente no aeroporto de saída do país, onde existem duas empresas credenciadas pelas autoridades espanholas para a realização do trâmite: a Global Blue e a Planet.

devoluçao iva

Tenho direito à devolução integral do IVA?

É importante entender que ao solicitar a devolução do IVA você não vai receber 100% do IVA pago. Isto é porque há um teto na quantidade de imposto devolvido, que é de 15,70%. E ainda existe a comissão cobrada pela empresa que gerencia a devolução do IVA, uma comissão tabelada por lei.

Calcule que por uma compra de 100€ (quantidade que já inclui 21% de IVA), você vai rever aproximadamente 10,50€.

Como solicitar a devolução do IVA?

Nosso Espanha Total conta com um texto explicando em detalhe como solicitar a devolução do IVA na Espanha.

Novidades na Catalunha

A Generalitat de Catalunya, o governo da Catalunha, anunciou em 2013 uma novidade que vai beneficiar os turistas que visitam a Catalunha. O turista não vai ter que aguardar até a saída do país para solicitar a devolução do imposto no aeroporto.

Devolução do IVA no Palau Robert.

Os turistas que tenham realizado compras, tanto na Catalunha como em qualquer outra cidade da Espanha, poderão solicitar a devolução do IVA nos escritórios de turismo das capitais catalãs, sem ter que aguardar para efetuá-la no aeroporto.

Devolução do IVA no Passatge de la Concepció.

Na cidade de Barcelona é possível solicitar a devolução do IVA em dois endereços muito próximos:

  • no principal escritório de turismo da cidade, localizado na Plaça de Catalunya. Funciona o dia todo.
  • no escritório de turismo localizado no Palau Robert, no número 107 do Passeig de Gràcia, esquina com a Avenida Diagonal (veja aqui sua localização no mapa). Funciona o dia todo.
  • no escritório localizado no Passatge de la Concepció, à esquerda do escritório de Barcelona Turisme (veja aqui sua localização no mapa). Este escritório só funciona a partir das 15h.

A Generalitat vai adiantar a devolução do dinheiro. Não é um gesto desinteressado. O intuito da medida é fazer com que o turista, com um dinheiro extra no bolso, acabe gastando um pouquinho mais na Catalunha, antes de voltar para seu país de origem.

Com o luxuoso Passeig de Gràcia às portas do escritório onde vai ser feita a devolução do dinheiro, razões para sair gastando não vão faltar!

412 comentários em “a devolução do IVA”

    1. Tony

      Prezada Tatiane, você vai encontrar respostas a muitas das suas dúvidas no texto onde comprar um iPhone em Barcelona.
      Cada empresa funciona de uma forma diferente, por isso é muito importante que na hora de solicitar a devolução do IVA, você (sua mãe) peça instruções precisas sobre como encaminhar a documentação carimbada de volta para a empresa responsável pela devolução do IVA.
      Os passos são os descritos por você:
      – solicitar formulário de devolução no momento de efetuar a compra. É importante se certificar que a loja escolhida para a compra emita o formulário de TAX Free.
      – obter devolução do IVA na cidade (se essa for sua preferência).
      – obter o carimbo da alfândega no aeroporto de saída da União Europeia. Apresentar os produtos para os quais está solicitando a devolução.
      – solicitar devolução do IVA no aeroporto (se essa for sua preferência).
      – encaminhar documentação para a empresa responsável pela devolução do IVA. Solicitando a devolução no aeroporto é possível que a própria empresa já fique com a documentação. Preste atenção aos horários de funcionamento da empresa, caso o voo da sua mãe for muito cedo ou de madrugada.
      Abraço.

  1. Avatar

    Tony,
    Sei que nao fica online 24 horas rs, tomara que de certo !
    Estou em barcelona e hoje fiz algumas compras que passaram o valor do tax free. Me entregaram envelopes e colocaram alguns papéis dentro.
    Meu voo e barcelona x rio com escala em paris de 1 hora. Eu tenho que carimbar aqui ou la ?

    Obrigada

    1. Tony

      Thiago, estamos online! Em teoria, você deveria carimbar a documentação em Paris, ponto de saída da União Europeia. O voo Barcelona-Paris é considerado doméstico. Mas seria bom tirar a dúvida na cabine do Tax Free no aeroporto de Barcelona. 1 hora de conexão é muito pouco tempo! Sorte!

      1. Tony

        Infelizmente não tivemos um retorno do Thiago para saber o que aconteceu. Ele conseguiu uma resposta nossa imediata (4 minutos depois de deixar sua pergunta) mas não voltou para compartilhar uma informação que teria sido muito útil para outros leitores, como você. Abraço.

  2. Avatar

    Oi Tony , boa tarde !Vou comprar um I Pad lojas da Apple e algumas coisitas na El Cortes em Barcelona. Fiquei com algumas dúvidas sobre essa tal restituição.
    1) Na loja , na hora da compra , como devo proceder? Quanto a forma de pagamento , se for no dinheiro tem algum problema? Qualquer produto acontece a devolução da Taxa, ou tem algo que não devolvem? A loja tem que me dar a NF e mais o que ?

    2) Em termos práticos, sem ser no aeroporto , onde seria melhor solicitar a devolução? (acho que no aeroporto é tudo corrido e sem tempo pra resolver caso haja algo de errado) . O que devo apresentar para conseguir a devolução? Já posso levar o tal formulário preenchido? Eu posso pegar todas as NFs e ir a um só posto?

    Desculpe tantas perguntas Tony, mas são muitas dúvidas e aqui é o lugar perfeito para tira-las… obrigada !

    1. Tony

      Jaqueline, caso você não tenha visto, o texto onde comprar um iPhone em Barcelona completa as informações contidas no presente texto. Vamos com suas dúvidas:
      1) na hora de fazer a compra, você precisa indicar ao vendedor que vai querer solicitar a devolução do IVA. Ele vai entregar para você um formulário junto com a nota fiscal. Nas lojas que formam parte do programa Tax Free, produtos acima do valor mínimo geram o direito a solicitar a devolução do imposto.
      2) você não tem escolha, vai ter que ir no escritório da empresa conveniada com a loja para realizar a devolução do IVA. Mas, de qualquer jeito, no aeroporto você vai ter que ir até a alfândega para carimbar o documento da devolução, que você deverá encaminhar de volta para a empresa. A única coisa que você está adiantando é a restituiçao do imposto, mas o trâmite da alfândega é obrigatório. Na hora de obter a devolução eles vão explicar tudo para você direitinho.
      Tire tantas quantas dúvidas você tiver, não colocamos um limite máximo e nem precisa se desculpar! Abraço.

  3. Avatar

    Obrigada Tony… estou só com pequenas dúvidas que vou expor aqui…

    1) Devo avisar ao caixa, na hora do pagamento que quero devolução do IVA.?
    2) Com esse formulário entregue na loja eu já posso preencher ou só posso preencher na hora da restituição? É fácil o preenchimento dele?
    3) Qual o valor mínimo que gera o direito a solicitar a devolução do imposto?
    4) Na loja que eu comprar é que vão me dar o endereço da loja conveniada para que eu solicitar a restituição ? Não sou eu que escolho o escritório que desejo ir?
    5) Não entendi nadinha da parte do aeroporto. Pensei que se eu fosse em um dos escritórios conveniados o poderia já resolver tudo lá . Acho que não né? Essa ultima parte do Aeroporto que está confusa para mim.

    Tony , quero agradecer sempre sua enorme boa vontade ! Vc é mil ! Adoro esse site !

    1. Tony

      Jaqueline, respostas às duas dúvidas:
      1) avise, sim.
      2) ele já vai vir preenchido com as informações da loja. Aguarde até obter a restituição para preencher o resto. Peça ajuda se tiver qualquer dúvida.
      3) veja o texto acima onde colocamos essa informação.
      4) sim. Você escolhe se a empresa conveniada tiver mais de um escritório. Em Barcelona, elas costumam ter um escritório na cidade e outro no aeroporto.
      5) a devolução do IVA é formada por dois trâmites diferentes: a devolução do dinheiro e a apresentação da documentação na alfândega do aeroporto de saída da União Europeia. No aeroporto você vai ter que apresentar os produtos pelos quais você está solicitando a restituição do IVA e conseguir o carimbo da alfândega em um documento que você deverá retornar para a empresa que fez a restuitação. Não se preocupe, a empresa vai explicar tudo diretinho para você. É muito importante lembrar de viajar com os produtos na bagagem de mão, sendo que você vai ter que mostrá-los.
      Abraço.

  4. Avatar

    Tony, mais uma perguntinhas.. já que me deixou a vontade ….rsrsrsrs

    Minha estadia na Europa vai ser a seguinte : Barcelona( 6 dias), Porto em Portugal ( 5 dias) e volta a Barcelona (1 dia) . Na verdade eu venho embora para o Brasil de Barcelona. Eu tenho que guardar todas as NF e só pedir a restituição em Barcelona ? Não posso fazer a parte de Portugal em Portugal? Essa parte de aeroportos que estou perdidinha rsrsrs

    Abraço

    1. Tony

      Jaqueline, você pode pedir a restituição onde você quiser, mas a apresentação dos produtos na alfândega deve acontecer no aeroporto de saída da União Europeia, no seu caso, Barcelona. Abraço.

  5. Avatar

    Tony, obrigada mais uma vez… Praticamente tudo entendido…. mas restaram pequenas dúvidas. Tive duvida quando você disse “No aeroporto você vai ter que apresentar os produtos pelos quais você está solicitando a restituição do IVA e conseguir o carimbo da alfândega em um documento que você deverá retornar para a empresa que fez a restituição”

    1) Consigo fazer isto antes de despachar as malas , pois nem tenho mala de mão e se tivesse acho que não daria para colocar lá pois vou ter que comprar casacos grandes para frio etc…
    2) Os produtos tem que estar zerados ? Não podem estar usados ?
    3) Existe escritório das diversas empresas que fazem restituição na cidade lá no aeroporto já que tenho que voltar após o carimbo?

    To achando tão burocrático essa parte do aeroporto . Ah outra coisa . a minha volta é por Barcelona mas tem escala em Roma (40 minutos) , tem algum problema?

    Mais uma vez Tony , obrigada!

    1. Tony

      Jaqueline, começando pelo final, nós nunca aceitaíamos uma conexão de menos de 90 minutos, você deve ter uma tolerância ao risco muito alta mesmo. O risco de perder o segundo voo é bem real. Já sobre a devolução do IVA, seu caso é complicado, e nossa orientação seria pedir esclarecimentos no escritório da empresa de devolução do IVA em Barcelona. Em teoria, você teria que carimbar os documentos no último aeroporto, isto é, em Roma. Mas você não vai ter tempo para isso. Seria bom descobrir se você conseguiria fazer essa operação em Barcelona.
      1) se solicitado, você deve apresentar, no guichê da alfândega, os produtos para os quais você está solicitando a restituição do IVA. Já acompanhamos uma amiga que tinha despachado os produtos na mala e não conseguiu o carimbo da alfândega.
      2) seria bom guardar as embalagens originais, mas não devem estar zerados, não. Se for roupa, você pode até estar vestindo ela.
      3) as mesmas empresas que contam com escritórios na cidade contam também com escritórios no aeroporto. Quando não existe escritório, ou pelo horário do voo rdtiver fechado, você pode encaminhar os formulários, com o carimbo da alfândega, pelo correio, já de volta no Brasil.
      Restituição do IVA é um processo burocrático mesmo, você precisa “sofrer· para conseguir seu dinheirinho de volta. Abraço.

      1. Avatar

        Para retornar os documentos para a empresa depois do carimbo, vai ser sempre por correio ou pode ser que eles peçam digitalizado e enviado por e-mail?
        2) Como eles irão me debitar o valor caso eu não carimbe os documentos na alfandega? Deixo o nr. do cartão de crédito?

      2. Tony

        As empresas mais importantes contam com escritórios na área de embarque do aeroporto. É só procurar pelo escritório para entregar a documentação. Se você não entrega os documentos, não vai ter estorno do valor do IVA. Se já tiver sido restituído, através do registro que têm do seu cartão de crédito, eles vão debitar o valor pago mais acréscimo de multa. Consulte a empresa para entender perfeitamente como proceder.

  6. Avatar

    Tony, desculpe , falei errado… a conexão é do mesma Cia , ou seja , o avião todo vai passar para o outro voo …. chegamos em Roma as 20:10 e saímos as :21:45. Agora, tem o seguinte minhas malas já estarão despachadas. Não tem como levar as peças na mão nem em mala de mão…
    Vou fazer isto que falou. Quando chegar lá eu vou me informar. Obrigada pela dicas !

    1. Tony

      Olá de novo, Jaqueline, há uma grande diferença entre uma conexão de 40 minutos e uma de 1 hora e 35 minutos! Ainda bem que a sua é a segunda! Tire suas dúvidas em Barcelona, sim. De qualquer jeito, na inspeção da alfândega você deve sempre poder mostrar os produtos para os quais está pedindo a devolução do IVA. Lembre-se também que as companhias aéreas não permitem o transporte de eletrônicos na bagagem despachada. Abraço.

  7. Avatar

    Olá Tony,
    Sei que vocês esclarecem as dúvidas referentes a Espanha, mas, com base na sua experiência talvez possa me ajudar. Ano passado fui para Alemanha, e tive um reembolso de IVA direto na loja onde fiz uma compra. Pediram meu passaporte e cartão de crédito, e fizeram o reembolso no ato em espécie.Na volta ao Brasil, no aeroporto tinha muiiiita gente para carimbar o formulário, como achei que não teria tempo suficiente para esse procedimento, resolvi não fazer. Optei por não carimbar, ciente de que a empresa poderia debitar em meu cartão de crédito o referido valor de reembolso que me adiantaram. O problema é que chegando ao Brasil, o banco do meu cartão de crédito me informou que meu cartão havia sido clonado e que eu teria, então,que cancelá-lo e emitir um novo cartão. Assim foi feito. Algum tempo depois foi que me lembrei do caso do IVA, porém a cobrança desse valor nunca apareceu de nenhuma forma. A minha dúvida é: como isso fica? Esse valor fica pendente? Devo a alguém? O que fazer? Nunca soube como resolver ou a quem perguntar, até encontrar vocês. Espero que possa me ajudar

    1. Tony

      Prezada Ana, na verdade, quem poderia responder sua dúvida é a empresa que fez o reembolso do IVA. Acreditamos que possam ter tentado creditar o valor pago para você, por conta da documentação não entregue, mas como o cartão já estava cancelado, não devam ter conseguido realizar a operação. Esse valor deve aparecer em alguma base de dados da empresa como “pendente”. Não há muito que você possa fazer. Ou você tenta entrar em contato com a empresa para pedir esclarecimentos, ou fica do jeito que está. Abraço.

      1. Avatar

        Ola Tony,
        Obrigada por responder-me. Você acredita que isso poderia causar problemas para eu entrar na Alemanha novamente?
        Grata pela atenção.

      2. Tony

        Ana, é impossível saber, mas o controle de imigração não tem nada a ver com o controle de dívidas. Você poderia ter problemas na hora de solicitar uma nova restituição do IVA. Abraço.

  8. Avatar

    Olá Tony,
    Obrigada por responder-me. Você acredita que isso poderá causar problemas para eu entrar na Alemanha novamente?
    Grata pela atenção.

    1. Tony

      Ana, respondemos uma consulta sua idêntica dois comentários acima. O passaporte BCN é um guia turístico de Barcelona; solicite esclarecimentos no consulado alemão mais próximo da sua cidade. Obrigado.

  9. Avatar

    Buenos dias Tony!
    Seguinte meu voo é amanhã bem cedinho para o Brasil a partir de Madrid, acredito que não vão estar abertos para fazer todo esse processo, eles ficam abertos 24h para esse procedimento?
    Eu li no site da GlobalBlue que posso fazer esse reembolso no centro de Madrid na Puerta del Sol, nesse caso posso ir direto lá? Ou vou precisar desse carimbo da alfândega que vc citou?

    Valeu, adorei as dicas velho!
    Abraço!

    1. Tony

      João Paulo, no aeroporto de Madri você vai poder carimbar os documentos em qualquer horário do dia ou da noite. Veja mais informações aqui. A devolução do IVA tem duas partes separadas:
      – obtenção do dinheiro com uma empresa credenciada (no seu caso, a GlobalBlue).
      – carimbo da documentação, e comprovação dos ítens comprados, na alfândega do aeroporto.
      Ambas partes são independentes e se você pular a segunda, não conseguirá retornar a documentação para a GlobalBlue, que exigirá que você restitua o dinheiro que foi adiantado. Abraço.

  10. Avatar

    Olá Tonny, boa noite! Primeiramente queria te parabenizar pelo site, ele tem me ajudado bastante com o planejamento da minha viagem. Fiquei com uma dúvida quanto a devolução do IVA, eu terei direito a devolução do imposto caso as compras sejam feitas em dinheiro?

    Att,
    Letícia.

    1. Tony

      Prezada Letícia, seja bem-vinda ao passaporte BCN. A devolução do IVA independe da forma que você utilize para pagar suas compras. Ela contempla também os pagamentos em dinheiro. Abraço.

  11. Avatar

    Olá Tony
    Boa tarde

    Suas dicas são simplesmente sensacionais. Cheguei hj da Espanha e estou encantada. Parabéns.
    Aproveitando gostaria de tirar uma dúvida sobre o tax free
    Cheguei ao aeroporto cedo e Carambeí as notas sem nenhum problema porém não achei em nenhum aeroporto (Madrid e Lisboa) o global Blue para reembolso. Enfim voltei para o Brasil com as notas e não sei como proceder
    Ajude-me por favor.
    Obrigada

    1. Tony

      Prezada Eliane, a Global Blue conta com escritórios nos terminais 1, 2 e 4 do aeroporto de Barajas em Madri. Você deveria ter procurado esse escritório na hora que estava saindo da Espanha. Agora o que você deve fazer é entrar em contato com a empresa através dos canais que devem aparecer no formulário de devolução do IVA. Abraço.

  12. Avatar

    Olá, tudo bem? Adorei o post! Estou fazendo intercambio esse ano na Espanha, com visto de estudante.. portanto nao sou ”turista”e tenho um imovel alugado aqui… posso ainda assim receber o IVA?? ps: quando vc responder essa mensagem, como saberei? aparecerá em meu email? obrigada

    1. Tony

      Prezada Giulia, a devolução do IVA é para turistas não residentes. Nossas respostas aparecem logo embaixo das perguntas dos leitores, você precisa voltar e conferir. Não encaminhamos emails para os leitores, toda a comunicação é feita de forma aberta aqui no site. Abraço.

  13. Avatar

    Olá! Incrível a quantidade de informações do site 🙂

    Vou fazer uma viagem por várias cidades da europa mês que vem, minha última cidade da lista é Barcelona mas pretendo comprar um Macbook em Londres.

    Pelo que li devo fazer a devolução do IVA na minha última cidade. Consigo em barcelona fazer a devolução do IVA das minhas compras de Londres?

    Obrigado 🙂

    1. Tony

      Danilo, sua pergunta é muito interessante. Até há pouco tempo, era possível fazer esse devolução das compras feitas em Londres em outro país da União Europeia. Mas não sabemos qual é a situação no momento atual. Para não correr riscos, o melhor seria consultar a empresa que faz a devolução no aeroporto de Londres para saber se essa operação seria possível por lá e, caso contrário, fazer a solicitação em Barcelona. Abraço.

  14. Avatar

    Oi Tony, muito legal o site. Vou solicitar o reembolso em Barcelona, mas estou com uma dúvida, meu voo de volta para o Brasil sai de Sevilha com escala em Madri, rumo a SP. Tenho como carimbar as NF no aeroporto de Sevilha, ou só posso fazer isso em Madri? Como a minha conexão é muito rápida, acredito que não tenho tempo hábil em Madri.

    Aguardo e desde já obrigada

    1. Tony

      Prezada Manuela, seja bem-vinda ao passaporte BCN. O reembolso deve ser solicitado no aeroporto de saída da União Europeia. No seu caso, em Madri. Nunca é uma boa ideia marcar conexões curtas, e ainda menos se você tiver que fazer a solicitação do reembolso. Recentente o aeroporto instalou vários tótems que permitem fazer o trâmite rapidamente, mas você ainda vai ter que ir no guichê da alfândega. Abraço.

  15. Avatar

    Gente,
    estive em Barcelona no final de 2016 e comprei um óculos de 100 euros. A moça da loja me deu os formulários, fui na Plaza Catalunya e peguei 10 euros de tax refund na hora. Hoje veio a cobrança no meu cartão de crédito de 25 dólares escrito tax refund rejected premier es no valor de 25 dólares mais 1,63 dólares de IOF compras no exterior.
    Achei bem estranho pq pensei como pode o tax refund ter sido rejeitado se me deram o dinheiro na hora lá e outra, os valores cobrados agora são mais altos do que o dinheiro que recebi de tax refund.
    Alguém pode me ajudar a fazer uma reclamação, onde, como? Isso não pode ser normal, né? Já aconteceu com alguém?
    Obrigada.

    1. Tony

      Iara, quando você foi no aeroporto você carimbou o formulário da loja na alfândega e mais tarde encaminhou esse formulário para a empresa correspondente do Tax Refund?

      1. Avatar

        Não…
        Foi por isso então. A moça da Plaza Catalunya me disse que estava tudo resolvido ali na hora e nem me toquei que precisava dar mais esse passo. Meu erro então.
        Obrigada por me ajudar a resolver o mistério.

  16. Avatar

    Oi, Tony.
    Meu namorado é americano e fez uma série de compras ontem em Barcelona. Ele já pegou o valor da devolução das taxas no escritório da Praça Catalunya, mas o vôo dele de volta pros EUA é na quarta-feira às 6h da manhã, e já sabemos que o escritório do aeroporto não estará aberto. Ele pode ir na véspera resolver os trâmites burocráticos? Isso é feito antes ou depois de passar pela alfândega?
    Obrigada!

    1. Tony

      Olá Monica. Pelas informações que aparecem no site da AENA (a Infraero espanhola), a alfandêga funciona 24 horas. Já o horário da empresa encarregada dos trâmites muda de uma empresa para outra. Mas eles também facilitam a possibilidade de encaminhar a documentação carimbada por correio postal. Como não sabemos qual é a empresa que vai fazer a devolução do IVA das suas compras, não podemos dar ajuda mais precisa. A ordem é: 1) carimbo da documentação na alfândega 2) entrega da documentação carimbada na empresa que faz os trâmites para a devolução do IVA.

    1. Tony

      O procedimento deve ser feito no último aeroporto antes de sair da União Europeia, por tanto ele não vai ter que fazer nada em Barcelona. É importante pedir orientações precisas para a empresa responsável pelos trâmites de devolução do IVA para entender claramente quais são suas obrigações. Elas tem escritórios no centro de Barcelona.

  17. Avatar

    Tony,
    Primero que todo enhorabuena por tu blog. Curiosamente buscando sobre este tema en internet, me encontré con tu blog, que creo que es el que mejor explica el procedimiento. Nunca lo he hecho y me surgen las siguientes dudas:
    1) Suponiendo que hemos recibido el adelanto de la devolución del IVA en una de las oficinas que mencionas por el centro antes de ir al aeropuerto, y luego Aduanas sella la factura en el aeropuerto: Que hacemos con esta? Entiendo que hay que llevarla a una de estas agencias para que den fe que el adelanto de la devolución de IVA es correcta y no te vuelvan a cargar el IVA en tu tarjeta, es así?
    2) Si es así, que pasaría si se paga en efectivo? Si ya te han adelantado la devolución y no pasas por el sello, donde te van a cargar de nuevo el importe?

    Gracias de antemano por tu respuesta.
    He descubierto tus otros blogs, también comparto mi vida con una brasileña y solo he estado en Rio y Floripa de momento, así que de seguro me serán de utilidad.
    Un abrazo!

    1. Tony

      Prezado Alain, vou responder sua consulta em português para benefício de outros leitores, afinal de contas é a língua oficial do passaporte BCN. Respondendo suas dúvidas:
      1) cada empresa tem um procedimento diferente. Ou você entrega a documentação no guichê da empresa que fica logo depois de passar pela alfândega, ou você encaminha pelo correio. Peça orientações no momento de solicitar a devolução do IVA no centro. Não esqueça que o carimbo na alfândega deverá ser feito no último aeroporto antes de sair da União Europeia.
      2) se você já tiver recebido a devolução do IVA, e você não entregar a documentação carimbada, a empresa vai debitar os valores pagos do seu cartão, e é possível também que inclua o acréscimo de uma multa.
      Abraço.

  18. Pingback: dicas sobre Madri | Espanha Total

  19. Avatar

    Olá, Tony!
    Vou morar em Zaragoza por seis meses. Estou pensando em comprar um iphone. Posso pedir a restituição de parte do IVA após a compra ou preciso esperar para ser restituída só próximo a minha data de volta ao Brasil.
    Terei visto de estudante, isso atrapalharia no recebimento do IVA?

    Obrigada!

    1. Tony

      Prezada Rayssa, aguarde até o final da sua estadia. Um turista, única pessoa que pode usufruir do desconto, não pode ficar na Espanha mais de 90 dias. Abraço.

  20. Avatar

    Boa noite Tony,
    Primeiro queria parabenizá-lo pela sua disponibilidade de responder as perguntas aqui no blog.
    Tenho duas dúvidas sobre o IVA:
    a) li por aí que só consigo o IVA de compras feitas até 90 dias antes de eu sair da Espanha. Morarei lá por quatro meses. Portanto, se comprar algo no primeiro mês, não tenho direito à devolução. Não consegui achar nada conclusivo sobre isso. Você sabe me dizer se procede?
    b) Estando na Espanha, é possível receber o IVA de compras feitas pela internet (em sites espanhóis)?

    Agradeço muito,

    1. Tony

      Prezado Tiago, seja bem-vindo ao passaporte BCN. Vamos com suas dúvidas.
      1) a devolução do IVA é um direito reservado aos turistas não residentes, que unicamente podem ficar na Espanha durante um prazo de 90 dias. Se você apresentar notas de compra com uma antiguidade maior, podem não ser aceitas.
      2) é complicado, o importante é conseguir que a loja aceite gerar uma fatura com seu endereço fora da Espanha, mesmo que a compra for encaminhada para um endereço na Espanha. Aqui está explicado como funciona a devolução do IVA na Amazon España.
      Abraço.

  21. Avatar

    Boa Noite, estou viajando para Barcelona e estou fazendo uma compra pelo AMAZON.ES (espanha). Gostaria de saber se posso solicitar a devolução do IVA? Obrigado

      1. Avatar

        Bom dia Tony,
        Pelo que entendi, tenho que carimbar o a fatura (nota) na oficina da aduana? Existe essa essa “oficina” no aeroporto de Barcelona?

      2. Tony

        Bom dia André, se seu aeroporto de saída da União Europeia for o de Barcelona, você deve ir, com os produtos comprados na bagagem de mão, até o escritório do IVA, que fica aberto 24 horas (veja a foto que abre o texto acima). Mais tarde, você deverá encaminhar a documentação carimbada à empresa que gerencia a devolução do IVA.

      3. Avatar

        Primeiramente agradeço a resposta So tenho uma ultima pergunta:
        Saio de BArcelona de Air France com escala em Paris. Como ja vou ter despachado a bagagem em Barcelona, posso ir no escritorio de IVA em BCN?
        Obrigado!!!

      4. Tony

        Andre, em teoria, você deveria carimbar seu documento em Paris, último aeroporto antes da sua saída da UE. Você pode até ir no escritório no aeroporto de Barcelona e perguntar, mas saiba que existe uma grande possibilidade de que indiquem que o carimbo da documentação deve ser feito em Paris. Você tem que separar os artigos para os quais está pedindo a devolução do IVA para poder mostrá-los no momento do carimbo. Abraço.

  22. Avatar

    Boa noite Tony,

    Vi em alguns comentários que eh possivel antecipar o valor nos escritórios e depois ter que passar obrigatoriamente para carimbar no aeroporto. Duvida, se eu paguei em dinheiro o iphone e depois fui a um escritório e peguei o reembolso em dinheiro, eu preciso passar e carimbar alguma coisa ainda no aeroporto? Se eu sair sem carimbar, oque acontece?

    Segunda duvida. Esse reembolso influencia na chegada na alfandega brasileira? Tipo, como peguei reembolso de um produto comprado fora, ao chegar no Brasil nao serei pego pela alfandega e pagar mais taxas?! Esse reembolso meio que dedura para alfandega? A alfandega consegue visualizar quem comprou produtos fora para poder cobrar as taxas de importação? ?

    Obrigado Tony
    Muito boa sua pagina
    Boa noite

    1. Tony

      Bom dia, Felipe, independente de onde você pegar o dinheiro, você sempre vai ter que obter o carimbo das autoridades alfandegárias. Você está obrigado a retornar a documentação carimbada para a empresa que gerencia a devolução do IVA. Se você não o fizer, ela vai debitar o importe já pago na sua conta, e é possível que acrescente também algum tipo de multa. A alfândega brasileira não tem nenhum tipo de intercâmbio de informação com as alfándegas da UE. Abraço.

  23. Avatar

    Olá Tony, estou indo para Espanha mês que vem, tive o celular roubado no Brasil recentemente, e estou muito preocupado em viajar sem um Google Maps. =/

    Sabendo do Tax Free estou achando interessante comprar o celular na Europa.
    Pelo que entendi, a Amazon não seria uma empresa cadastrada no sistema, então preciso carimbar minha nota num dos pontos de devolução e apresentar isso para eles por email e receber esse valor posteriormente por transferência na minha conta. Certo?
    Ou você acredita ser mais vantajoso comprar o celular numa loja Duty Free no desembarque? Se é que vendem celulares nessas lojas.

    Obrigado!
    Parabéns pelo blog!

  24. Avatar
    ELIAS DIMAS DA SILVA

    Em fevereiro último estive na Espanha, fizemos várias compras e recebi formulários para devolução do IVA de três empresas diferentes: Financiera El Corte Inglês, Innova Taxfree e Global Blue. Segui todos os procedimentos para devolução do IVA.
    Os créditos da Financiera El Corte Inglès e Global Blue vieram na fatura do cartão de crédito do mês de março. Já o da Innova Taxfree até hoje não foi realizado.
    Sabe informar se há algum órgão responsável pela fiscalização do serviço para que possa encaminhar uma reclamação? Já tentei junto a própria empresa e eles sequer responderam.
    Desde ja agradeço a atenção.

    1. Tony

      Elias, tente na Agència Catalana del Consum, que defende os interesses dos consumidores na Catalunha. O endereço para apresentar uma reclamação é este.

  25. Avatar

    Olá Tony, parabéns pelo site.
    Estou em viagem por Portugal e Espanha. Comprei artigos que me deram direito a restituir o imposto, porém, mesmo lendo as dicas em seu site, ainda me resta uma dúvida.
    Fiz compras em Portugal, porem meu vôo de volta sai de Barcelona com escala (~ 3horas) em Lisboa. Os artigos que comprei levarei comigo em minha mala de mão. A pergunta é a seguinte: Terei de fazer os procedimentos (carimbo da alfandega, etc) durante os trâmites da conexão ou durante a saída de Barcelona, visto que os produtos estarão em minha bagagem de mão?
    Desde já agradecido e parabéns novamente pelo site.

    1. Tony

      Bom dia, Fabio, seja bem-vindo ao passaporte BCN. Em teoria, você só poderá obter o carimbo da alfândega em Lisboa, seu ponto de saída da União Europeia. Consultamos recentemente a Guardia Civil no aeroporto de Barcelona. Os agentes confiram o que já sabíamos, que o carimbo deve ser sempre obtido no aeroporto de saída da UE. Porém, em casos com uma conexão muito curta (imagine, por exemplo, que você unicamente tivesse 45 minutos no aeroporto de Lisboa), o agente do aeroporto de Barcelona, seguindo seu próprio critério, pode ou não autorizar o carimbo do documento em Barcelona. Abraço.

  26. Avatar

    Olá! Tenho cidadania italiana e viajarei para Barcelona com meu passaporte europeu. Resido no Brasil e tenho passaporte brasileiro também. Há algum problema na devolução do IVA com a utilização do passaporte europeu? Aproveito para parabenizar pelo excelente blog!

    1. Tony

      Prezada Adriana, seja bem-vinda ao passaporte BCN! O fato que permite que você tenha direito à devolução do IVA é seu caráter de não residente na União Europeia. Se você usar seu passaporte italiano para solicitar a devolução, deve poder provar que você não reside na Europa (se o passaporte tiver sido emitido por um consulado italiano, essa informação muito provavelmente apareça nele). Abraço.

  27. Avatar

    Bom dia!!

    Estava em Roma mês passado e no retorno ao Brasil esqueci de passar para reaver o imposto das minhas compras. Estou com os formulários preenchidos e gostaria de saber se ha alguma forma de enviar os formulários e reaver as taxas.

    1. Tony

      Bom dia. Se você estiver com os formulários carimbados pela alfândega, entre em contato com a empresa responsável pela devolução do IVA para saber como proceder. Os formulários costumam incluir instruções sobre os passos a serem seguidos.

    1. Tony

      Bom dia, não sabemos se você reparou, mas o passaporte BCN é um site especializado em Barcelona… No texto acima colocamos uma estimativa da porcentagem que é restituida no caso de compras na Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima