Menu

El Paral·lel

Paral·lel, Barcelona

El Paral·lel (Paralelo em espanhol) é o nome de uma avenida e também, por consequência, de uma região de Barcelona. Na primeira metade do século XX, o Paral·lel foi um importante polo, a nível mundial, destinado ao entretenimento e ao lazer.

Avenida do lazer

Paral·lel, Barcelona
O Paral·lel e a Meridiana identificados no mapa.

A avenida do Paral·lel, que conecta o porto antigo de Barcelona com a Plaça Espanya, recebeu esse nome porque seu traçado acompanhava o de um paralelo (para os mais curiosos, o paralelo 41º22’34” norte).

Na verdade, o nome Avinguda do Paral·lel só foi oficializado em 1979. Até essa data a avenida recebeu vários outros nomes. Mas oficial ou não, sempre foi conhecida por todos como El Paral·lel.

Ao sul da avenida está o Poble Sec, hoje bairro do distrito Sants-Montjuïc, e ao norte fica El Raval e Sant Antoni, hoje bairro do distrito do Eixample.

Na época de maior esplendor, a primeira metade do século XX, mais do 75% da avenida estava ocupada por teatros e outras salas de espetáculos, equiparados a Montmartre de París, West End de Londres ou Broadway de Nova York. Hoje só resta uma memória fotográfica da maioria dessas salas e teatros.

Paral·lel, Barcelona
Paral·lel, Barcelona
Paral·lel, Barcelona

A proximidade com o porto de Barcelona, com intensa movimentação de navios, pessoas e ideias, facilitou o crescimento de um polo de entretenimento, baseado na cultura popular que aflorava na Barcelona da época. O Paral·lel, através de seus espetáculos, converteu-se na expressão cultural do conflito social, político e na mais visível percepção social do sexo. Sinônimo de artes cênicas, o Paral·lel também viu seu nome associado à prostituição.

Paral·lel, Barcelona
Paral·lel, Barcelona

O Paral·lel, hoje

Paral·lel, Barcelona

Do esplendor do passado restou unicamente um pequeno número de teatros, que ainda funcionam na região, como o El Molino e o Apolo, com uma oferta cultural direcionada principalmente ao público local.

Paral·lel, Barcelona

É possível ter uma ideia do significado cultural, político e social do Paral·lel para a Barcelona do final do século XIX e início do XX, que foi motivo da incrível exposição Paral·lel 1894-1939 Barcelona y el espectáculo de la modernidad, que teve lugar no CCCB (Centro de Cultura Contemporània de Barcelona) de outubro de 2012 até fevereiro de 2013.

Como chegar

O Paral·lel encontra-se no distrito de Sants-Montjuïc. O começo da avenida, que hoje ainda concentra vários teatros, fica aqui. A principal estação de metrô na região é a Paral·lel nas linhas 2 (lilás) e 3 (verde). Também serve a estação Poble Sec, na linha 3, (verde).

Dica do passaporteBCN

O Paral·lel perdeu, há muito tempo, o brilho de seu esplendoroso passado e por isso não consideramos uma visita imprescindível. Mas se você estiver percorrendo o bairro de El Raval, aproveite para dar um pulo rápido até a parte do Paral·lel que fica perto da estação de metrô do mesmo nome.

2 comentários em “El Paral·lel”

  1. Avatar
    Eng. Energ. B. A. Possatto

    Legal o blog, parabéns!; passei pela avenida numa das vezes que estive em Barcelona e o que achei de mais legal foi o nome, heheh!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima