Menu

Mercat del Born | El Born Centre de Cultura i Memòria

Centre Cultural El Born, Barcelona

Provavelmente o Mercat del Born é o exemplo mais grandioso de arquitetura modernista baseada em estruturas de ferro.

Mercat de El Born, Barcelona

Encontramos belos exemplos dessa tendência em outros mercados de Barcelona, como o Mercat de la Boqueria, o Mercat de la Llibertat ou o Mercat de Sant Antoni. O Mercat del Born já foi conhecido como “catedral de ferro e vidro”.

Mercat de El Born, Barcelona

O mercado foi construído em 1878, seguindo um projeto de Josep Fontserè i Mestre. Até o ano de 1920 foi o mercado do bairro de El Born, dentro do bairro de La Ribera. A partir daí passou a ser o mercado central de frutas e verduras de Barcelona, até o ano de 1977.

Centre Cultural El Born, Barcelona

Em 2002, teve início uma longa obra de restauração do mercado, que abrigaria uma grande biblioteca pública. Durante as obras de restauração, apareceram restos arqueológicos valiosos do período medieval e do século XVIII.

El Born Centre de Cultura i Memòria

Centre Cultural El Born, Barcelona

Então, o projeto de reforma do mercado tomou um novo rumo. Já não seria mais uma biblioteca e se converteria no El Born Centre de Cultura i Memòria, inaugurado em setembro de 2013.

El Born Centre Cultural, Barcelona

Os achados arqueológicos, situados no interior do mercado, estão preservados e podem ser vistos desde as passarelas e corredores que circundam a área. O centro cultural é de livre acesso, só é necessário pagar o ingresso para visitar de perto os restos arqueológicos ou visitar alguma das exposições temporárias. Veja mais detalhes sobre horários e preços das visitas na página web do centro.

Como chegar

O Mercat del Born | El Born Centre de Cultura i Memòria encontra-se no bairro do mesmo nome. Veja aqui a localização no mapa. As estações de metrô mais próximas são a Jaume 1 da linha 4 (amarela), a Barceloneta também na linha 4 e a Arc de Triomf na linha 1 (vermelha).

Dicas do passaporte BCN

Centre Cultural El Born, Barcelona

Mesmo que os restos arqueológicos expostos tenham mais valor emocional para o nacionalismo catalão que valor real, quando comparados com os restos que podem ser vistos, por exemplo, no MUHBA Plaça del Rei, vale a pena entrar no mercado. É interessante ver sua impressionante estrutura externa e interna, em qualquer passeio pelo bairro de El Born, saindo já a caminho do Parc de la Ciutadella. Quem quiser fazer um pit-stop, pode aproveitar a presença do bonito bar El 300 del Born.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima