Menu

Granja Dulcinea

Granja Dulcinea

A Granja Dulcinea encontra-se no estreito carrer Petrixol, uma das nossas ruas favoritas do Barri Gòtic de Barcelona.

Granja Dulcinea

No texto que dedicamos às granjas de Barcelona já explicamos que uma granja é um estabelecimento derivado das antigas “lecherías” (leiterias), onde se criavam as vacas e se distribuía o leite. Atualmente seguem com a mesma denominação e vocação, mas são muito mais urbanas e saborosas, constituindo algo tipicamente catalão, que não é comum encontrar em outras partes da Espanha. As granjas poderiam ser definidas como um tipo de confeitaria muito tradicional, onde são servidas iguarias derivadas do leite.

Granja Dulcinea

A Granja Dulcinea tem décadas de história e foi fundada em 1941. O interior mantém o mesmo visual das últimas décadas, que transforma a experiência de visitar a granja em uma viagem ao passado. Os garçons uniformizados, a mobília de época, um verdadeiro sabor de tradição.

Granja Dulcinea

A pedida na Granja Dulcinea são os suizos, xícara de chocolate quente, escuro e espeso, sem misturar com leite.

Granja Dulcinea

O suizo pode ser acompanhado pelos tradicionais churros.

Granja Dulcinea

Ou também pode ser saboreado com uma iguaria muito típica da Catalunha, os melindros, um tipo de pão-de-ló em forma de bolacha.

Localização e como chegar

A Granja Dulcinea está no carrer Petrixol, 2, quase do lado da igreja de Santa Maria del Pi. Veja a localização no Google Maps aqui. A estação de metrô mais próxima é a Liceu, da linha L3 (verde) .

A Granja abre sete dias por semana, mas fecha ao meio dia de 13:00h até 17:00h. Confira os horários de funcionamento atualizados e outras informações no site da Granja Dulcinea.

O passaporte BCN comeu na Granja Dulcinea de forma anônima, pagando todos os gastos relacionados com a refeição.

2 comentários em “Granja Dulcinea”

  1. Avatar

    Olá Tony! Fui hoje a tardinha na Granja Dulcinea e gostei muito. Estava com vontade de um doce, e a dupla do suizo + churros é ótima, e custou 5 euros! Agora quero testar a Pallaresa, pois só de passar por lá, o cheiro é tentador!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima