o golpe da roupa manchada

O golpe da roupa manchada é uma de várias armadilhas que o turista que visita Barcelona precisa conhecer (leia mais informações na seção segurança e precauções).

Podemos relatar o golpe com detalhes, pois já fomos vítimas ao estarmos agindo como turistas.

Acabávamos de chegar, por volta das 15h, na estação Barcelona Sants, para passar vários dias em Barcelona testando hotéis. O Tony levava uma mala média com rodinhas e uma pequena mochila com o iPad e alguns papéis. A Cecília levava a bolsa com equipamento fotográfico e outra bolsa com documentos e pertences pessoais, ambas cruzadas de um ombro para o outro lado do corpo. Saímos da estação a pé em direção ao hotel onde íamos passar a primeira noite. Como o dia estava lindo, mal saimos da estação e já paramos para tirar algumas fotos da parte externa de vários hotéis, para usá-las no passaporte BCN. Nesse momento estávamos usando apenas a câmera fotogáfica compacta. O golpista certamente pensou que éramos turistas distraídos.

Enquanto nos afastavámos da estação, um sexto sentido me alertava que alguém estava nos seguindo muito de perto. Quando ia olhar para trás para conferir, um rapaz bem vestido cruzou a nossa frente e começou a falar em inglês. “Sua mulher vai precisar limpar o casaco”. A primeira reação foi de não entender o que ele estava dizendo (não ajudava o fato do inglês do cara ser muito ruim). Então ele falou novamente. Aí me dei conta que o casaco da Cecília estava todo manchado por alguma coisa que parecia ser tinta. E foi a partir daí que percebemos que poderia ser um golpe. A mala, a mochila e o casaco do Tony estavam bem manchados também, mas o rapaz insistia que a Cecília tinha que tirar o casaco para limpar.

Então a Cecília se deu conta que havia um outro rapaz, bem alto e bem forte, que parou como quem não quer nada. Todos os alertas foram imediatamente ligados.

O que o golpista espera é que você tire sua bolsa, para poder ver o estrago feito no casaco e tentar limpá-lo. É nesse momento, quando você está concentrado em tentar limpar a roupa, que o golpista e seu cupincha entram em ação e levam todos seus pertences pessoais. Só que a gente conhece Barcelona e sentimos o cheiro de golpe no ar. Não soltamos nem a mala com a roupa, muito menos as mochilas e a bolsa.

Aí o golpista ofereceu um lenço de papel para ajudar a limpar as manchas, insistindo que tínhamos que tirar os casacos para limpar. Mesmo depois de aceitar os lenços, continuamos caminhando em direção ao hotel e sem soltar nada. Quando já tínhamos perdido o cara de vista, paramos em um lugar seguro para ver o estrago. Estávamos com os casacos manchados, assim como a mala, as mochilas e as calças. O estrago foi maiúsculo. Resolvemos não parar para limpar nada até chegarmos no hotel, que não ficava muito longe.

Já no hotel, falamos com o recepcionista sobre o que tinha acontecido. Ele nos contou que outro casal acabava de chegar ao hotel, também havia passado pelo mesmo golpe nas imediações da estação Plaça Espanya do metrô.

Felizmente o golpista se deu mal; nós ficamos com o prejuízo da roupa, mala e mochilas manchadas. Conseguimos, depois de muito trabalho, melhorar a aparência dos estragos. Não deu para saber que tipo de produto os golpistas utilizam, que deu para limpar relativamente fácil antes de secar.

Comentamos também com amigos que moram em Barcelona e parece que é um golpe muito antigo. Conhecem pessoas que ficaram sem nada: o golpista e seu cupincha levaram roupa, documentos, câmera fotográfica, deixando as pessoas com a roupa do corpo.

Nossas dicas para evitar o golpe da mancha na roupa:

  • quando estiver caminhando com bagagem por Barcelona, redobre a atenção, olhando sempre para todos os lados.
  • não pare para tirar fotografias, quando estiver com bagagem. Deixe isso para outro momento: uma regra que nós não cumprimos.
  • se alguém se aproximar de você, escute o que tem para falar, mas não aceite ajuda de estranhos que se oferecem para “limpar” você. Vão limpar, mesmo.

14 comentários em “o golpe da roupa manchada”

    1. Tony

      Prezada Minita, no momento estamos viajando, com acesso precário à internet. Se você puder aguardar, no dia 22, já de volta em casa, vamos responder a sua consulta com carinho e atenção. Abraço.

    2. Tony

      Prezad Minita, para que nossa resposta à sua dúvida também possa ser útil para outros leitores, pedimos a gentileza de deixá-la em um texto relacionado com a mesma, no seu caso aqui: para os amantes da balada: Barcelona Night Card. Essa é uma condição imprescindível para que a informação disponível em nosso site se mantenha organizada e fácil de consultar. Muito obrigado!

  1. Avatar

    Oi Tony! Acabamos de voltar de Barcelona e utilizamos os seus roteiros e foram ótimos. Gostaria de reportar um golpe que sofremos num parque , perto do Camp Nou. Este parque está num roteiro do onibus de Hop On/hop off e descemos para ver. Quando chegamos encontramos um lugar bem vazio. Mesmo assim tiramos algumas fotos. Quando nos dirigíamos para a saída senti algo molhado na minha cabeça. Atrás vinha um casal, com aparencia de sul americanos que falou que uns passaros haviam me sujado. Fomos, orientados por eles , até uma fonte onde eles, muito gentilmente , nos ajudaram a nos limpar com uns lencinhos umedecidos. Muito gentis. A mulher me ajudou e o homem ao meu marido. De repente foram embora. Saímos do Parque e encontramos outro casal também “sujo” e a moça me disse que a “sujeira” parecia ser um molho verde e não sujeira de passaros. Neste momento percebemos que havia sido um golpe mas só quando descemos na próxima parada, ou seja, no Camp Nou, percebemos que eles haviam roubado uma quantia do fundo do bolso da frente da calça do meu marido. É tudo muito rápido.
    Apesar do incidente lamentável que nos custou mais de 100 euros, nada supera a maravilhosa cidade que é Barcelona. Obrigada

    1. Tony

      Prezada Ana, ficamos felizes em saber que vocês conseguiram aproveitar bem nossos roteiros. E tristes por saber que vocês também foram vítimas do golpe da roupa manchada. Os caras são muito espertos, não levantando suspeitas pela aparência e amabilidade. O ideal seria ter feito um boletim de ocorrência, sem denúncias a polícia não pode fazer nada contra essa gente e ter conhecimento de onde estão agindo. Abraço.

  2. Avatar

    Ainda bem que avisou!!!
    Eu sou muito distraída nessas coisas e viajo já sábado!
    Era bem capaz de cair em todas as artimanhas desses gatunos.
    Muito Obrigada pela partilha.

  3. Avatar

    Olá Tony recebi todos os guias e vou fazer o download para os celulares. Eu e meu marido gostamos muito de sair à noite e vi que alguns restaurantes e casas noturnas funcionam até mais tarde. Seria conveniente usarmos o metro ou táxi para fazer os deslocamentos ?

    1. Tony

      Prezada Bena, não sabemos se você viu, temos um texto com dicas gerais sobre o assunto: segurança e precauções. Se tiver qualquer dúvida, aproveite para perguntar por lá. Para sair à noite, podem usar o transporte público ou os táxis, é seguro. ABraço.

  4. Avatar

    Obrigada, Vi sim , achei que estava no lugar certo. Qualquer dúvida sobre segurança, não hesitarei em perguntar em “segurança e precauções”. Abraço

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *